MotoGP: Quartararo opta por manter número 20 em 2022: "Estou longe de ser o 1"

Último piloto a adotar o número 1 após a conquista do título foi Jorge Lorenzo em 2011

MotoGP: Quartararo opta por manter número 20 em 2022: "Estou longe de ser o 1"

O mais novo campeão da MotoGP, Fabio Quartararo, confirmou que manterá o número 20 na sua moto Yamaha em 2022, optando por não utilizar o 1 que tem direito graças à conquista do título de 2021.

No último domingo, Quartararo fez uma grande corrida de recuperação e contou com a queda de Francesco Bagnaia nas voltas finais do GP da Emilia Romagna para sacramentar o fim da disputa de 2021 com duas provas de antecedência.

Leia também:

Como manda a tradição da MotoGP, o campeão tem o direito de usar o número 1 em sua moto no ano da defesa do título, mas pode optar por manter seu número tradicional caso queira.

Diferentemente do que aconteceu com Joan Mir no ano passado, quando manteve o suspense por meses se adotaria o número 1, Quartararo revelou seu futuro com menos de 48 hotas da conquista do título.

Após a conquista do título em 2020, o espanhol da Suzuki deixou no ar por meses a possibilidade de mudar o 36 pelo número 1, anunciando posteriormente em suas redes sociais que manteria sua identidade.

Por outro lado, Quartararo disse que, desde o início tinha essa ideia muito clara em sua cabeça, e na terça, em entrevista ao canal francês Canal+, já descartou a troca de número e os motivos por trás desta decisão.

"Não, não vale a pena. Realmente quero que seja algo simples. Hoje, estou longe de ser o número 1. Há muita gente", falou o francês em referência ao nível dos pilotos na MotoGP.

"Para mim, o exemplo é Valentino Rossi. Ele foi campeão nove vezes e nunca usou o número 1. Acredito que seja legal para o público, porque se passaram anos desde a última vez que alguém fez isso".

O último piloto da MotoGP a adotar o número 1 no ano seguinte ao seu título foi Jorge Lorenzo, na temporada de 2011.

Com apenas 22 anos e um futuro presumidamente brilhante pela frente, não é um absurdo pensar que Quartararo terá novas oportunidades no futuro para mudar de opinião. Mas, de qualquer jeito, ele tratou de encerrar essa possibilidade.

"O 20 é o número que eu comecei e que terminarei minha carreira", finalizou Quartararo.

RUBENS BARRICHELLO NA BAND: Rubinho será comentarista convidado no GP de São Paulo de F1; saiba mais

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #141 - É o fim da linha para Mercedes e Hamilton após GP dos EUA?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
MotoGP: Márquez diz que "capacidade de sofrer" foi chave no título de Quartararo
Artigo anterior

MotoGP: Márquez diz que "capacidade de sofrer" foi chave no título de Quartararo

Próximo artigo

MotoGP: Yamaha elogia "positividade" que Quartararo trouxe para a equipe

MotoGP: Yamaha elogia "positividade" que Quartararo trouxe para a equipe
Carregar comentários