MotoGP rejeita nova chicane e usa traçado da F1 na Catalunha

Após treinos livres, MotoGP descarta utilização de nova chicane e volta a utilizar traçado da Fórmula 1, adotado após a morte de Luis Salom

MotoGP rejeita nova chicane e usa traçado da F1 na Catalunha
Carregar reprodutor de áudio

No GP da Catalunha de 2016, a MotoGP adotou o traçado utilizado pela Fórmula 1 após o acidente que tirou a vida de Luis Salom, nos treinos livres da Moto2. As motos passaram a utilizar a chicane que antecede a reta dos boxes, além da curva 10 mais fechada.

A adoção do traçado utilizado pela F1 era vista como uma medida provisória e uma nova chicane foi construída após a curva 13 para a MotoGP. Entretanto, os pilotos criticaram a nova chicane.

Para Maverick Viñales, a nova chicane é "perigosa" e Jorge Lorenzo se mostrou preocupado com a segurança, mas revelou ceticismo quanto a possíveis mudanças. 

"Não creio que eles mudem algo", disse Lorenzo. "Apenas esperamos que nada aconteça." Valentino Rossi, entretanto, disse crer que a categoria poderia voltar para o traçado utilizado pela F1, já que os pilotos se mostraram favoráveis à medida.

Após a reunião dos pilotos no fim da tarde desta sexta-feira (8), então, a nova chicane foi descartada e o restante do final de semana na Catalunha será feito com o traçado da F1, utilizado na prova do ano passado, vencida por Rossi.

Márquez perde melhor volta do TL2

Marc Márquez perdeu a melhor volta registrada no segundo treino livre, embora a segunda melhor volta do espanhol ainda tenha garantido a ele a melhor marca do dia.

O tempo de Márquez - 1min44s295 - foi cancelado porque o piloto não aliviou a velocidade em trecho de bandeira amarela. Com isso, o piloto da Honda ficou com 1min44s478, ainda assim 0s222 mais veloz do que Jorge Lorenzo, o segundo colocado.

Tito Rabat também foi punido pela mesma razão de Márquez, mas caiu de sexto para 20º na classificação do TL2.

compartilhar
comentários
Apagado na sexta, Viñales cita sensação “estranha” na Yamaha
Artigo anterior

Apagado na sexta, Viñales cita sensação “estranha” na Yamaha

Próximo artigo

Yamaha planeja teste privado em Aragón na próxima semana

Yamaha planeja teste privado em Aragón na próxima semana
Carregar comentários