MotoGP
18 out
-
20 out
Evento encerrado
25 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Nova equipe satélite da Yamaha mostra pintura para 2019

compartilhar
comentários
Nova equipe satélite da Yamaha mostra pintura para 2019
Por:
Co-autor: Valentin Khorounzhiy
28 de jan de 2019 10:31

A equipe Petronas SRT, que faz sua estreia na temporada de 2019, revelou sua pintura para sua primeira campanha, quando se tornará a nova satélite da Yamaha.

A equipe ocupou a vaga da Tech 3 como única equipe satélite da MotoGP e apresentou sua pintura nas Twin Towers, em Kuala Lumpur (Malásia).

Depois de estrear com uma pintura inteiramente preta no teste de pós-temporada, a moto SRT YZR-M1 utilizará agora uma identidade visual preta e turquesa, com destaque para a patrocinadora principal, a Petronas.

A nova equipe será gerenciada pela SIC Racing, do circuito de Sepang, que conta com programas na Moto2 e Moto3 desde 2014, com pódios com Johann Zarco e Jakub Kornfeil na última.

A SRT assume a vaga da Angel Nieto, uma das três satélites da Ducati em 2018, já que a MotoGP vê seu grid encolher para 22 motos após a saída da Marc VDS Honda.

“Nossa missão é construir a melhor e mais forte equipe satélite da MotoGP”, disse Wilco Zeelenberg, diretor da equipe e que se juntou à SRT vindo da Yamaha de fábrica.

A equipe contará com o protegido de Valentino Rossi, Franco Morbidelli, quando o ítalo-brasileiro se prepara para mais uma temporada na MotoGP após uma estreia promissora com a Marc VDS.

Ele estará ao lado do francês Fabio Quartararo, que, aos 19 anos, será o piloto mais jovem da MotoGP em 2019.

Morbidelli usará uma YZR-M1 com especificação próxima à utilizada por Rossi e Maverick Viñales na equipe de fábrica, enquanto que Quartararo usará uma com especificação B.

“Enquanto o novo time da MotoGP permanece como um azarão, somos ambiciosos em nossas metas. É importante começar e render bem em nosso primeiro ano, com nossa confiança mais forte e fé em nossos pilotos, Franco e Fabio”, disse o diretor executivo de Sepang, Razlan Razali.

Razali acrescentou que a vaga na nova equipe da MotoGP está reservada para o único piloto do time na Moto2, Khairul Idham Pawi, caso ele renda em alto nível.

Sobre Pawi, ele disse: “Uma dessas vagas na Moto2 está aí para você assumir, para você ser o primeiro piloto malaio nesta equipe.”

“Esta pode ser sua chance de recomeçar, retomar seu foco, e te ajudaremos a ser o melhor que você puder – e, antes de você se dar conta, você realizará seu sonho de ser um piloto da MotoGP com a equipe Petronas Yamaha Sepang.”

Próximo artigo
Crivillé: Lorenzo acredita que pode lutar pelo título

Artigo anterior

Crivillé: Lorenzo acredita que pode lutar pelo título

Próximo artigo

Lorenzo: 2019 repete situação de estreia ao lado de Rossi

Lorenzo: 2019 repete situação de estreia ao lado de Rossi
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Franco Morbidelli , Fabio Quartararo
Equipes Drive M7 SIC Racing Team
Autor David Gruz