MotoGP
05 mar
-
08 mar
Próximo evento em
10 dias
R
GP da Tailândia
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
24 dias
R
GP das Américas
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
38 dias
R
GP da Argentina
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
52 dias
R
GP da Espanha
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
66 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
80 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
94 dias
R
GP da Catalunha
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
101 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
115 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
122 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
136 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
171 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
185 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
199 dias
R
GP de Aragón
01 out
-
04 out
Próximo evento em
220 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
234 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
242 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
248 dias
R
GP de Valência
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
262 dias

Pedrosa: saída da Honda foi decidida “mais ou menos” em 2016

compartilhar
comentários
Pedrosa: saída da Honda foi decidida “mais ou menos” em 2016
Por:
25 de jun de 2018 14:36

Dani Pedrosa revelou que estava “mais ou menos” convencido há dois anos que deixaria a equipe Honda da MotoGP ao fim da temporada de 2018.

Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team
Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Pedrosa corre com as motos da fabricante japonesa desde o início de sua carreira, e está na equipe de fábrica na MotoGP desde 2006.

Ele esteve próximo de se tornar o substituto de Jorge Lorenzo na Yamaha em 2017, mas, no fim, permaneceu no time – contudo, ele não conseguiu ir além do papel de coadjuvante para Marc Márquez.

Depois de um início difícil em 2018, a Honda anunciou no começo do mês que substituirá Pedrosa por Lorenzo.

Pedrosa disse que também era seu desejo deixar a Honda, algo que ele já havia “mais ou menos” decidido em 2016.

“Mais ou menos, sim. Bem, claro, dois anos é um bom tempo atrás, mas começou há dois anos”, disse.

Leia também:

“Como eles já sabiam há dois anos, com as pessoas antigas na equipe, eles sabiam que isso iria acontecer. Eu disse a eles mais ou menos que isso iria acontecer, então, no fim, é algo mútuo.”

“Claro, você percebe especialmente quando se torna realidade, mas, mais ou menos, isso há havia sido falado antes.”

“Você precisa procurar por coisas novas, e acho que é um bom momento para começar a ver o que farei a seguir.”

Márquez “sente” que Pedrosa não vai se aposentar

O futuro de Pedrosa ainda precisa ser definido, mesmo que ele pareça estar em boa posição para se juntar à equipe satélite da Yamaha que terá patrocínio da Petronas.

Quando questionado sobre o que pensa que Pedrosa fará a seguir, Marc Márquez disse: “O que sinto é que ele vai continuar.”

“Para continuar na MotoGP com um bom projeto ele tem somente uma opção ,e todos sabem qual ela é. Mas é o que eu sinto, não sei.”

Reportagem adicional de Oriol Puigdemont

Próximo artigo
Grid da MotoGP pode perder duas motos em 2019

Artigo anterior

Grid da MotoGP pode perder duas motos em 2019

Próximo artigo

Crutchlow: Fase de Lorenzo pode reverter nos próximos 2 GPs

Crutchlow: Fase de Lorenzo pode reverter nos próximos 2 GPs
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Dani Pedrosa Compre Agora
Equipes Repsol Honda Team
Autor David Gruz