Últimas notícias
MotoGP Teste de novembro em Valência

Smith se surpreende com moto “lógica” da KTM

Mesmo com chassi inovador e suspensão diferente, piloto britânico diz que teve boa sensação com a moto

Bradley Smith, Red Bull KTM Factory Racing

Após as primeiras sessões testes de pós-temporada da MotoGP no circuito de Valência, Bradley Smith elogiou bastante o comportamento da RC16 da KTM, que entra oficialmente como fábrica no mundial no próximo ano.

"Me surpreendi muito positivamente pelo quão bem a moto se comporta", disse Smith, que terminou os dois dias na 20ª posição.

"Uma coisa que eu gosto é que a moto é super consistente e não faz nada fora do comum. Ela faz as mesmas coisas a cada volta. Se eu tiver uma vibração, a vibração vai estar lá o tempo todo.”

"As coisas são lógicas, quando você muda as coisas para melhorar é muito difícil acontecer isso. Não é como às vezes quando você pega uma moto, muda algo e isso deixa ela completamente diferente."

Chassi de aço não é um problema

Apesar de vários elementos da moto da KTM não serem convencionais, incluindo o chassi de aço tubular, Smith disse que isso não exigiu muita adaptação.

"O motor é completamente diferente, chassi é de aço, tem a WP (fabricante de suspensão), mas ainda assim a sensação é boa. Parece uma boa moto", acrescentou.

"Para mim, há um feedback bom do chassi de aço, que é algo que eu gosto bastante.”

"Eu entendo claramente o que os pneus dianteiros estão fazendo e o que os pneus traseiros estão fazendo, então eu certamente tenho alguns bons positivos a partir disso. Realmente não precisei de muita adaptação.”

"E ainda temos algo semelhante em termos, que é a Michelin. O feedback está lá, é algo lógico."

"Então, isso significa que podemos trabalhar com clareza. Estarmos 1s8 atrás e podermos melhorar isso é uma situação muito agradável."

"Pol e eu fomos em uma direção semelhante"

Da mesma forma que Smith, seu companheiro de equipe em 2016, Pol Espargaro, também se juntou à KTM. O britânico disse que os dois que deram feedbacks semelhantes – outro aspecto positivo.

"Pol parece estar trabalhando nas mesmas coisas, reclamando sobre as mesmas coisas, então é bom que estamos trabalhando em paralelo. Nossos tempos parecem ser bastante semelhantes", disse Smith. "Tudo isso é positivo para mim.”

"Acho que os estilos de pilotagem meu e do Pol nos últimos quatro anos foram bem diferentes dos de Mika (Kallio), por isso fomos mais na direção de tentar fazer a moto andar bem nas curvas, um pouco como na Moto2.”

"Eu acho que Mika não se importa tanto com o apoio da moto, porque é o que ele sabe.”

"É uma coisa boa que eu e Pol fomos em uma direção semelhante e tivemos um feedback positivo."

Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing
Pol Espargaro, Red Bull KTM Factory Racing

Foto: Gold and Goose Photography

Reportagem adicional Matteo Nugnes

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Rossi elogia Viñales por "grande estreia" em Valência
Próximo artigo Espargaró diz que Aprilia o fez lembrar da Forward

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil