Sucesso da Chevrolet levou Ford até Stewart-Haas, diz GM

Mark Kent, diretor esportivo da Chevrolet, descreveu a união da Ford com a Stewart-Haas Racing em 2017 como um "movimento ousado", mas prometeu apoio à SHR até o fim da temporada

Sucesso da Chevrolet levou Ford até Stewart-Haas, diz GM
Kevin Harvick, Stewart-Haas Racing, campeão de 2014, Chevrolet
Tony Stewart, Stewart-Haas Racing
Kurt Busch, Stewart-Haas Racing Chevrolet
Gene Haas, Haas Automotive with Kurt Busch, Stewart-Haas Racing Chevrolet
Gene Haas, Haas Automotive with Kurt Busch, Stewart-Haas Racing Chevrolet

Há algumas semanas o mundo da NASCAR foi surpreendido com a notícia de que a partir de 2017 a Ford se juntaria à Stewart-Haas Racing, equipe que tem o campeão de 2014, Kevin Harvick, Tony Stewart - campeão com o novo time em 2011 - , Kurt Busch e Danica Patrick.

A partir daí muitas dúvidas pairaram no ar, principalmente com a Chevrolet, que tem a Hendrick como fornecedora oficial de equipamentos para a SHR. Em entrevista ao Motorsport.com, o diretor esportivo da GM, Mark Kent, falou sobre o assunto.

"A Ford não ganha campeonatos de pilotos e fabricantes há mais de uma década. Obviamente que eles observam o comportamento da Chevrolet quanto à capacidade de vencer campeonatos."

"Ganhamos os últimos 13 campeonatos de fabricantes e nove dos últimos 11 de pilotos. A Ford percebeu que tinha que fazer algo. E fizeram um movimento ousado."

Kent reconhece que o bom trabalho da SHR, como uma equipe satélite, fez com que o time fosse suscetível a receber outras ofertas de parceria.

"As equipes satélite são, obviamente, os mais fáceis candidatas de aquisição", observou. "Elas não constroem o seu próprio chassi, não constroem seus próprios motores e por isso é mais fácil para eles trocar as alianças."

"Mas eles têm sido um grande parceiro da Chevrolet e grandes representantes da marca e, dessa forma, para 2016 o nosso foco é continuar a fornecer equipamentos para a Stewart-Haas para continuar a vencer corridas e lutar pelo campeonato."

compartilhar
comentários
Com foco na F1, Pietro Fittipaldi não fecha porta na NASCAR

Artigo anterior

Com foco na F1, Pietro Fittipaldi não fecha porta na NASCAR

Próximo artigo

Campeão da NASCAR, Kyle Busch faz 31 anos; confira galeria

Campeão da NASCAR, Kyle Busch faz 31 anos; confira galeria
Carregar comentários