Piloto e empresário, Sylvio de Barros morre aos 57 anos

Piloto de rally e da Porsche Cup sofreu acidente em uma cachoeira

Sylvio de Barros

O automobilismo nacional começa a semana com uma triste notícia. Morreu na última segunda-feira (28) o empresário e piloto Sylvio de Barros, aos 57 anos.

Sylvio estava com a família em Joanópolis, cidade do interior de São Paulo, próximo à divisa com Minas Gerais, quando sofreu um acidente em uma cachoeira e bateu a cabeça, não resistindo ao impacto.

Leia também:

A esposa do piloto relatou o desaparecimento de Sylvio pela manhã, com Polícia e Corpo de Bombeiros sendo chamados para atender a ocorrência. A informação é de que o resgate aconteceu perto de 15h.

Nascido em 21 de fevereiro de 1967, Sylvio Alves de Barros Netto se tornou um nome importante na área de tecnologia e internet no Brasil, como investidor, empresário e empreendedor.

Paulistano, Barros se formou na FAAP e, após passagens como executivo em diversas áreas da General Motors, Marcco 23 e Mappin Automotivo entre os anos 1980 e 1990, resolveu se aventurar no mundo dos negócios.

Ao longo de sua carreira, fundou diversas empresas de renome no cenário brasileiro, como Webmotors, iCarros, Magnopus, zFlow e mais.

Fora do mundo dos negócios, Barros tinha uma grande paixão pelo automobilismo, convertendo o que era um hobby em uma parte integral de sua vida. Desde os anos 1990, o piloto acumulou uma grande trajetória no mundo do esporte a motor.

Só no Rally dos Sertões, a principal prova de off-road do Brasil, foram 11 participações, sendo 8 de moto (incluindo o título de 1995 na categoria production), uma nos UTVs e duas edições mais recentes entre os carros. Além do Sertões, Sylvio também se aventurou no Dakar, tendo como melhor resultado em 2017, sendo o terceiro melhor colocado entre os estreantes.

Em fevereiro deste ano, Sylvio disputou o South American Rally Race, na Argentina, em parceria com o navegador Ramon Sacilotti, ficando com o título entre os carros.

Já no automobilismo de pistas, Sylvio tinha uma longa história com a Porsche Cup, tendo sido campeão em 2011 e 2012. Nos últimos anos, vinha disputando o campeonato endurance em parceria com Caio Collet.

Sylvio deixa a esposa, Vanessa Raiter José de Barros, e dois filhos, André Alves de Barros e Stella Alves de Barros.

Pelas redes sociais, diversos nomes do automobilismo nacional prestaram homenagem ao piloto, como o pentacampeão da Stock Car Cacá Bueno, o piloto de rally Lucas Moraes e o campeão da Fórmula E Lucas di Grassi, além da Porsche Cup.

 
 
 
 

Ocon FORA DA ALPINE? Jos Verstappen SACRAMENTA o 'FIM' da RBR, o fico de Pérez e a Indy 500

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

A McLaren já passou a Ferrari, sendo a segunda melhor da F1 2024?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior RETA FINAL: Newey fora da Red Bull significa Verstappen na Mercedes?
Próximo artigo Após estreia com pódio duplo na Áustria, Marcelo Tomasoni busca liderança da Porsche Sprint Challenge Suisse

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil