Fórmula 1
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado
Fórmula E
R
ePrix de Santiago
17 jan
-
18 jan
Próximo evento em
38 dias
NASCAR Cup
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado
Stock Car Brasil
08 nov
-
10 nov
Evento encerrado
22 nov
-
24 nov
Evento encerrado
MotoGP
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
15 nov
-
17 nov
Evento encerrado

Hartley: LMP1 se tornou prioridade após saída da F1

compartilhar
comentários
Hartley: LMP1 se tornou prioridade após saída da F1
Por:
Co-autor: Oleg Karpov
13 de fev de 2019 20:54

Brendon Hartley afirmou que seu retorno ao WEC na classe LMP1 se tornou uma prioridade uma vez que soube que não seria mantido pela Toro Rosso na F1 em 2019.

A equipe SMP Racing anunciou recentemente que Hartley substituiria Jenson Button nas próximas duas etapas, em Sebring e Spa, a bordo do BR Engineering BR1-AER de número 11.

A corrida em Sebring será, portanto, a primeira corrida de Hartley no WEC desde Bahrein-2017, quando a Porsche deixou o programa da LMP1.

Em entrevista ao Motorsport.com sobre o acordo com a SMP, o neozelandês disse que imediatamente buscou um retorno à elite do endurance uma vez que ficou claro que havia perdido sua vaga para Alexander Albon na F1.

“Eu estava olhando de forma mais ampla fora da F1 também com a intenção de manter a porta aberta, que foi o que aconteceu”, disse, referindo-se ao acordo para se tornar piloto de simulador da Ferrari na F1.

“No fim do ano passado, comecei a entrar em contato com algumas equipes conhecidas que potencialmente estariam em busca de um piloto, principalmente no WEC. A SMP foi uma das equipes que contatei.”

“Há uma semana, ou talvez mais, a SMP retornou meu contato e disse que teríamos uma possibilidade para as próximas corridas no WEC se eu estivesse interessado.”

“Tenho ótimas memórias e história no WEC, e voltar ao endurance era algo que estava em alta na minha lista de prioridades. Esta foi uma forma realmente perfeita de voltar ao WEC.”

“É uma equipe de verdade, um projeto de verdade, com parceiros fantásticos [Vitaly Petrov e Mikhail Aleshin]. Então, vejo isso como uma grande oportunidade e também como uma boa forma de retornar ao endurance.”

Levando em conta o domínio da Toyota nas primeiras cinco corridas da temporada, Hartley afirmou que estará de olho em repetir os pódios da SMP em Xangai e Sebring.

“É relativamente um novo projeto com o carro da LMP1”, analisou. “O pódio é realmente uma meta realista – eles já estiveram no pódio, e Sebring é uma corrida realmente dura, dura nos equipamentos. Tudo pode acontecer.”

“Você precisa aproveitar a oportunidade quando ela chegar, mas o pódio na classificação geral é a meta.”

#11 SMP Racing BR Engineering BR1: Mikhail Aleshin, Vitaly Petrov, Jenson Button

#11 SMP Racing BR Engineering BR1: Mikhail Aleshin, Vitaly Petrov, Jenson Button

Photo by: JEP / LAT Images

Próximo artigo
ByKolles fica de fora das 1000 Milhas de Sebring e desfalca LMP1

Artigo anterior

ByKolles fica de fora das 1000 Milhas de Sebring e desfalca LMP1

Próximo artigo

Opinião: por que a oportunidade dos carros esportivos na WEC não pode ser perdida

Opinião: por que a oportunidade dos carros esportivos na WEC não pode ser perdida
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Pilotos Brendon Hartley
Equipes SMP Racing
Autor Jamie Klein