Dakar: Sainz ganha primeira em 2022 nos carros e Rodrigues conquista vitória inédita nas motos

Apesar de triunfo, espanhol ainda segue longe dos líderes por problemas nas etapas iniciais; disputa acirrada marca as duas rodas

Dakar: Sainz ganha primeira em 2022 nos carros e Rodrigues conquista vitória inédita nas motos
Carregar reprodutor de áudio

Carlos Sainz conquistou a primeira vitória da Audi no Dakar nesta terça-feira (4), enquanto Nasser Al-Attiyah ampliou sua liderança na classificação geral, apesar de terminar apenas em oitavo. Depois de um desempenho promissor na segunda etapa com o terceiro tempo mais rápido, o espanhol veio à frente na fase 3 encurtada de 255 km, batendo Henk Lategan, da Toyota, por pouco mais de meio minuto.

O tricampeão do maior rali do mundo ficou atrás do sul-africano na maior parte da etapa, mas nunca permitiu que ele aumentasse a vantagem. Após diminuir a diferença para apenas 14 segundos no sétimo waypoint, ele tomou a ponta no próximo checkpoint antes de cruzar a linha de chegada com 38 segundos de folga.

Leia também:

O resultado marcou a 40ª vitória de etapa para Sainz, bem como a primeira para um protótipo elétrico na divisão de carros de topo, com a Audi executando três MGUs em seu RS Q e-tron usando a tecnologia desenvolvida na Fórmula E.

A vitória do espanhol foi auxiliada por seus companheiros de equipe, Stephane Peterhansel e Mattias Ekstrom, que terminaram em terceiro e quinto, respectivamente, e a menos de três minutos do ritmo habitual nos outros carros da fabricante. Entre eles, o vencedor do Dakar de 2014, Nani Roma, que foi o melhor da Bahrain Raid Xtreme em quarto após um dia conturbado para Sebastien Loeb.

O nove vezes campeão mundial de rali teve problemas técnicos no início da etapa, com dois furos de pneu prejudicando ainda mais suas esperanças de vitória. Com isso, ele acabou perdendo mais de 30 minutos para os líderes e se classificou provisoriamente em 22º na etapa, 12 posições atrás do terceiro piloto da Prodrive,  Orlando Terranova.

Os problemas de Loeb foram uma bênção para o líder Al-Attiyah da noite para o dia, que acabou sendo apenas o oitavo mais rápido após uma exibição sem brilho em sua Toyota de fábrica, mas o piloto do Catar retorna do palco com uma vantagem muito maior na classificação geral, ficando 37 minutos à frente na ponta e mais cinco do terceiro colocado, Lucio Alvarez (Overdrive).

Sainz está três lugares atrás, em 21º, enquanto Peterhansel não está mais na disputa pela vitória geral após danos acidentais que o forçaram a abandonar a etapa de abertura no último domingo.

Classificação após a terceira etapa (carros):

Pos. #. Piloto Equipe Tempo Diferença Penalidade
1 201 Nasser Al-Attiyah TOYOTA 09:31:22   00:00:00
2 211 Sebastien Loeb PRODRIVE 10:09:02 +00:37:40 00:00:00
3 222 Lucio Alvarez TOYOTA 10:13:28 +00:42:06 00:00:00
4 207 Giniel de Villiers TOYOTA 10:16:44 +00:45:22 00:05:00
5 205 Yazeed Al Rajhi TOYOTA 10:18:51 +00:47:29 00:00:00
6 208 Vladimir Vasilyev BMW 10:20:55 +00:49:33 00:00:00
7 223 Sebastian Halpern MINI 10:32:54 +01:01:32 00:00:00
8 203 Jakub Przygosnki MINI 10:38:09 +01:06:47 00:00:00
9 221 Orlando Terranova PRODRIVE 10:39:26 +01:08:04 00:00:00
10 204 Nani Roma PRODRIVE 10:52:01 +01:20:39 00:00:00

Joaquim Rodrigues triunfa nas motos

O piloto da Hero MotoSports Joaquim Rodrigues conquistou sua primeira vitória em uma etapa do Dakar na terça-feira, enquanto Sam Sunderland, da GasGas, manteve a liderança geral.

Daniel Sanders liderou a maioria dos 255 km encurtados pela chuva, se recuperando de uma difícil saída na segunda-feira que o fez cair de primeiro para terceiro na classificação. Ele conseguiu uma vantagem de pouco mais de um minuto sobre o pelotão de perseguição liderado por Rodrigues no primeiro waypoint e manteve essa vantagem até ao penúltimo checkpoint.

No entanto, o australiano caiu quase quatro minutos para os líderes no trecho final de 35 km até a linha de chegada, permitindo que Joaquim passasse e garantisse a vitória da etapa.

Esse foi o primeiro triunfo do piloto português em cinco largadas no Dakar - bem como a primeira da fabricante indiana Hero.

O bicampeão do Dakar, Toby Price, teve seu melhor resultado de etapa até agora em 2022, terminando a 1m03s de Rodrigues na segunda posição, com a KTM.

Depois de vencer a Fase 2 de segunda-feira para se trazer de volta à contenção geral, Joan Barreda, da Honda, caiu na ordem com o 24º tempo mais rápido, perdendo mais de 10 minutos para os líderes.

Seu rival da GasGas, Sunderland, se saiu ligeiramente melhor, perdendo 7m30s no caminho para a 17ª colocação, mas ele continua no topo da classificação geral a apenas quatro segundos de Adrien van Beveren, da Yamaha.

Petrucci retorna

Após seu abandono na segunda-feira, o ex-piloto e vencedor de corridas da MotoGP Danilo Petrucci voltou à terceira etapa como parte de uma nova regra introduzida no Dakar este ano.

Rodando com as cores da Tech 3 KTM, o italiano fez o 22º tempo mais rápido do dia, batendo nomes como Barreda (24º) e Pablo Quintanilla (26º).

Classificação geral após a terceira etapa (motos):

Pos. # Piloto Marca Tempo Diferença Penalidade
1 3 Sam Sunderland GasGas 11:13:40   00:00:00
2 42 Adrien van Beveren Yamaha 11:13:44 +00:00:04 00:00:00
3 52 Matthias Walkner KTM 11:15:10 +00:01:30 00:00:00
4 5 Skyler Howes Husqvarna 11:17:35 +00:03:55 00:00:00
5 4 Daniel Sanders GasGas 11:22:34 +00:08:54 00:10:00
6 15 Lorenzo Santolino Sherco 11:25:27 +00:11:47 00:00:00
7 7 Pablo Quintanilla Honda 11:30:31 +00:16:51 00:00:00
8 1 Kevin Benavides KTM 11:31:25 +00:17:45 00:00:00
9 142 Stefan Svitkko Slovnaft KTM 11:31:34 +00:17:54 00:00:00
10 6 Aaron Mare Hero 11:32:21 +00:18:41 00:00:00

MARI BECKER analisa EVOLUÇÃO de VERSTAPPEN e PRESSÃO em HAMILTON, e fala de como ambos saem maiores

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #155 - Piores da F1 2021: Quais pilotos/equipes decepcionaram? Masi é consenso?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Dakar: Loeb vence segunda etapa nos carros e Barreda nas motos; Petrucci abandona
Artigo anterior

Dakar: Loeb vence segunda etapa nos carros e Barreda nas motos; Petrucci abandona

Próximo artigo

Dakar: Al-Attiyah vence e aumenta vantagem na liderança; Petrucci conquista top 3 nas motos

Dakar: Al-Attiyah vence e aumenta vantagem na liderança; Petrucci conquista top 3 nas motos
Carregar comentários