Barrichello relembra única vez que partiu para briga na F1: "Chama um maior que você não vai dar"

Piloto brasileiro 'tirou satisfação' com Jaime Alguersuari após incidente no GP do Canadá de 2010

 Barrichello relembra única vez que partiu para briga na F1: "Chama um maior que você não vai dar"

Piloto com mais corridas disputadas na história da Fórmula 1 (322 GPs), o brasileiro Rubens Barrichello sempre foi um dos personagens mais queridos da categoria máxima do automobilismo mundial. Entretanto, até os competidores mais simpáticos têm seu dia de fúria.

Leia também:

Com 'Rubinho', não foi diferente. Em entrevista exclusiva ao Motorsport.com via live de Instagram, o paulistano falou sobre a única vez em que ficou fora de si e partiu para cima de um adversário em função de um incidente na pista.

O episódio ocorreu no GP do Canadá de 2010. Naquela ocasião, o brasileiro fazia boa prova de recuperação com a Williams, mas foi atrapalhado pelo espanhol Jaime Alguersuari, da Toro Rosso. Foi o estopim para a ira de Barrichello. Veja o divertido relato no vídeo abaixo:

"Eu sempre fui uma pessoa que, se tem um problema, eu vou resolver. Para mim, sempre foi assim na vida. Se eu tenho um problema, eu vou tentar resolver. A única vez que eu realmente estava fora de mim foi em 2010, em Montreal", relembra Rubinho.

"Eu vinha numa recuperação muito forte, muito, muito forte. Tem a curva 5, que é uma curva com pé embaixo, muito rápida. E aí tem a sequência esquerda e direita para pegar uma reta. E eu acho que a pista estava secando, alguma coisa assim".

"E eu botei por dentro do Alguersuari e ele não me viu. Quando ele associou que eu estava passando, ele fez uma tentativa de fechar a porta, mas era muito tarde. Eu vinha numa velocidade de uns 10 km/h a mais".

"E aí, eu vi o céu, caí no chão, e perdi os brake ducts, a entrada de ar para o disco de freio. E aí, meu deus do céu... Primeiro, eu perdi os freios, que o Canadá requer muito", seguiu o piloto brasileiro. Relembre seus carros e sua carreira no automobilismo:

1993: Jordan, 18º no campeonato (2 pts). Barrichello esteve na F1 entre 1993 e 2011, com 326 participações e 322 largadas. É o recordista absoluto na história da categoria.
1993: Jordan, 18º no campeonato (2 pts). Barrichello esteve na F1 entre 1993 e 2011, com 326 participações e 322 largadas. É o recordista absoluto na história da categoria.
1/29

Foto de: Tom Haapanen

1994: Jordan, 6º no campeonato (19 pts). Com passagens por Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams, Barrichello conquistou 11 vitórias na carreira - é o 27º na história, empatado com Felipe Massa e Jacques Villeneuve.
1994: Jordan, 6º no campeonato (19 pts). Com passagens por Jordan, Stewart, Ferrari, Honda, Brawn e Williams, Barrichello conquistou 11 vitórias na carreira - é o 27º na história, empatado com Felipe Massa e Jacques Villeneuve.
2/29

Foto de: LAT Images

1995: Jordan, 11º no campeonato (11 pts).
1995: Jordan, 11º no campeonato (11 pts).
3/29

Foto de: LAT Images

1996: Jordan, 8º no campeonato (14 pts)
1996: Jordan, 8º no campeonato (14 pts)
4/29

Foto de: LAT Images

1997: Stewart, 13º no campeonato (6 pts)
1997: Stewart, 13º no campeonato (6 pts)
5/29

Foto de: Sutton Motorsport Images

1998: Stewart, 12º no campeonato (4 pts)
1998: Stewart, 12º no campeonato (4 pts)
6/29

Foto de: LAT Images

1999: Stewart, 7º no campeonato (21 pts)
1999: Stewart, 7º no campeonato (21 pts)
7/29

Foto de: LAT Images

2000: Ferrari, 4º no campeonato (62 pts). A primeira vitória na F1 veio na Alemanha, em 2000. Largando de 18º, Barrichello conseguiu a terceira maior recuperação da história da categoria, ficando atrás apenas de John Watson (22º - EUA, 1983) e Bill Vukovich (19º - Indy 500, 1954).
2000: Ferrari, 4º no campeonato (62 pts). A primeira vitória na F1 veio na Alemanha, em 2000. Largando de 18º, Barrichello conseguiu a terceira maior recuperação da história da categoria, ficando atrás apenas de John Watson (22º - EUA, 1983) e Bill Vukovich (19º - Indy 500, 1954).
8/29

Foto de: LAT Images

2001: Ferrari, 3º no campeonato (56 pts)
2001: Ferrari, 3º no campeonato (56 pts)
9/29

Foto de: Ferrari Media Center

2002: Ferrari, vice-campeão (77 pts)
2002: Ferrari, vice-campeão (77 pts)
10/29

Foto de: LAT Images

2003: Ferrari, 4º no campeonato (65 pts)
2003: Ferrari, 4º no campeonato (65 pts)
11/29

Foto de: Ferrari Media Center

2004: Ferrari, vice-campeão (114 pts)
2004: Ferrari, vice-campeão (114 pts)
12/29

Foto de: Bridgestone Corporation

2005: Ferrari, 8º no campeonato (38 pts). O brasileiro foi 68 vezes ao pódio.
2005: Ferrari, 8º no campeonato (38 pts). O brasileiro foi 68 vezes ao pódio.
13/29

Foto de: XPB Images

2006: Honda, 7º no campeonato (30 pts)
2006: Honda, 7º no campeonato (30 pts)
14/29

Foto de: XPB Images

2007: Honda, 20º no campeonato (0 pts)
2007: Honda, 20º no campeonato (0 pts)
15/29

Foto de: XPB Images

2008: Honda, 14º no campeonato (11 pts)
2008: Honda, 14º no campeonato (11 pts)
16/29

Foto de: XPB Images

2009: Brawn, 3º no campeonato (77 pts). Foram 21 poles na F1.
2009: Brawn, 3º no campeonato (77 pts). Foram 21 poles na F1.
17/29

Foto de: XPB Images

A última vitória de Barrichello na F1 foi no GP da Itália de 2009.
A última vitória de Barrichello na F1 foi no GP da Itália de 2009.
18/29

Foto de: XPB Images

Desde então, o Brasil não esteve mais no topo do pódio.
Desde então, o Brasil não esteve mais no topo do pódio.
19/29

Foto de: XPB Images

2010: Williams, 10º no campeonato (47 pts)
2010: Williams, 10º no campeonato (47 pts)
20/29

Foto de: XPB Images

2011: Williams, 17º no campeonato (4 pts)
2011: Williams, 17º no campeonato (4 pts)
21/29

Foto de: XPB Images

2012 (Indy): KV, 12º no campeonato (289 pts)
2012 (Indy): KV, 12º no campeonato (289 pts)
22/29

Foto de: Eric Gilbert

2013 (Stock Car): Full Time, 8º no campeonato (120 pts)
2013 (Stock Car): Full Time, 8º no campeonato (120 pts)
23/29

Foto de: Chris Fabbri / CFR Media - Brazil

2014 (Stock Car): Full Time, campeão (234 pts)
2014 (Stock Car): Full Time, campeão (234 pts)
24/29
2015 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (188 pts)
2015 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (188 pts)
25/29
2016 (Stock Car): Full Time, vice-campeão (295 pts)
2016 (Stock Car): Full Time, vice-campeão (295 pts)
26/29
2017 (Stock Car): Full Time, 5º no campeonato (251 pts)
2017 (Stock Car): Full Time, 5º no campeonato (251 pts)
27/29
2018 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (242 pts)
2018 (Stock Car): Full Time, 4º no campeonato (242 pts)
28/29
2019 (Stock Car): Full Time, 5º no campeonato (310 pts)
2019 (Stock Car): Full Time, 5º no campeonato (310 pts)
29/29

Foto de: Duda Bairros

"E eu passei a corrida inteira pensando: 'Bom, o cara detonou a minha corrida, eu quero só saber se o Charlie Whiting [ex-diretor de provas da F1] está ouvindo, porque ele precisa punir'. E nada... Não tinha punição, não tinha punição".

"Eu passei a minha corrida 'noiado', porque o cara acabou com a minha corrida e não tinha sido nem visto o negócio. E foi tão perigoso, sabe... Eu saí do carro e fui direto na Toro Rosso e falei com o cara. Foi a única vez que fiz isso".

"Agora vai ver"

"Falei para ele assim: 'Você não me viu?'. E ele falou assim: 'Não, não te vi'. E eu: 'Agora vai ver'. E bati o capacete dele... Botei a minha mão para dentro [do capacete] e bati", confessou Barrichello de forma bem-humorada.

"E aí chegou um mecânico dele, um baixinho, falando 'para, para, para'. Eu falei: 'Cara, chama um maior, porque você não vai dar'. Eu estava tão fora que foi a única vez. E esse mecânico dá risada comigo até hoje".

"Porque eu juro, foi tão natural que eu disse assim: 'Chama um maior que você não vai dar'. E aí continuei [a bater o capacete de Alguersuari] e soltei. Soltei o negócio e saí, virei as costas e fui embora".

"Assim, eu estava transtornado. Mas vou contar uma coisa: na minha carreira de 30 anos, me envolvi em uma coisa só. Mas como pai de piloto, você não tem noção... É muito pior, mas é muito pior. Você quase se envolve [em alguma confusão] em quase toda corrida. É pai contra pai... Se vier mecânico, sai correndo que os bichos são brutos, vem ferramenta... Aí não dá", completou o piloto do Brasil.

Barrichello e cia: relembre todos os pilotos brasileiros da história da Fórmula 1

Chico Landi - de 1951 a 1956 - 6 corridas
Chico Landi - de 1951 a 1956 - 6 corridas
1/31

Foto de: LAT Images

Gino Bianco - 1952 - 4 corridas
Gino Bianco - 1952 - 4 corridas
2/31

Foto de: LAT Images

Hermano da Silva Ramos - 1956 e 1957 - 7 corridas
Hermano da Silva Ramos - 1956 e 1957 - 7 corridas
3/31

Foto de: LAT Images

Fritz d'Orey (#40) - 1959 - 3 corridas
Fritz d'Orey (#40) - 1959 - 3 corridas
4/31

Foto de: LAT Images

Emerson Fittipaldi - de 1970 a 1980 - 144 corridas, 2 títulos (1972-1974) e 14 vitórias
Emerson Fittipaldi - de 1970 a 1980 - 144 corridas, 2 títulos (1972-1974) e 14 vitórias
5/31

Foto de: LAT Images

Wilson Fittipaldi - de 1972 a 1975 - 35 corridas
Wilson Fittipaldi - de 1972 a 1975 - 35 corridas
6/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

José Carlos Pace - de 1972 a 1977 - 72 corridas - 1 vitória
José Carlos Pace - de 1972 a 1977 - 72 corridas - 1 vitória
7/31

Foto de: David Phipps

Luiz Pereira Bueno - 1973 - 1 corrida
Luiz Pereira Bueno - 1973 - 1 corrida
8/31

Foto de: LAT Images

Ingo Hoffmann - 1976 e 1977 - 3 corridas
Ingo Hoffmann - 1976 e 1977 - 3 corridas
9/31

Foto de: LAT Images

Alex Dias Ribeiro - de 1976 a 1979 - 10 corridas
Alex Dias Ribeiro - de 1976 a 1979 - 10 corridas
10/31

Foto de: LAT Images

Nelson Piquet - de 1978 a 1991 - 204 corridas, 3 títulos (1981, 1983 e 1987), 23 vitórias
Nelson Piquet - de 1978 a 1991 - 204 corridas, 3 títulos (1981, 1983 e 1987), 23 vitórias
11/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Chico Serra - de 1981 a 1983 - 18 corridas
Chico Serra - de 1981 a 1983 - 18 corridas
12/31
Raul Boesel - de 1982 a 1983 - 23 corridas
Raul Boesel - de 1982 a 1983 - 23 corridas
13/31

Foto de: indyracing.com photo by Ron McQueeney

Roberto Moreno - de 1982 a 1995 - 42 corridas
Roberto Moreno - de 1982 a 1995 - 42 corridas
14/31

Foto de: LAT Images

Ayrton Senna - de 1984 a 1994 - 3 títulos (1988, 1990 e 1991) 161 corridas, 41 vitórias
Ayrton Senna - de 1984 a 1994 - 3 títulos (1988, 1990 e 1991) 161 corridas, 41 vitórias
15/31

Foto de: LAT Images

Mauricio Gugelmin - de 1988 a 1992 - 74 corridas
Mauricio Gugelmin - de 1988 a 1992 - 74 corridas
16/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Christian Fittipaldi - de 1992 a 1994 - 40 corridas
Christian Fittipaldi - de 1992 a 1994 - 40 corridas
17/31

Foto de: LAT Images

Rubens Barrichello - de 1993 a 2011 - 322 corridas - 11 vitórias
Rubens Barrichello - de 1993 a 2011 - 322 corridas - 11 vitórias
18/31

Foto de: Lorenzo Bellanca / Motorsport Images

Pedro Paulo Diniz - de 1995 a 2000 - 98 corridas
Pedro Paulo Diniz - de 1995 a 2000 - 98 corridas
19/31

Foto de: LAT Images

Ricardo Rosset - de 1996 a 1998 - 26 corridas
Ricardo Rosset - de 1996 a 1998 - 26 corridas
20/31

Foto de: LAT Images

Tarso Marques - de 1996 a 2001 - 24 corridas
Tarso Marques - de 1996 a 2001 - 24 corridas
21/31

Foto de: Earl Ma

Ricardo Zonta - de 1999 a 2005 - 36 corridas
Ricardo Zonta - de 1999 a 2005 - 36 corridas
22/31

Foto de: BAR

Luciano Burti - 2000 e 2001 - 15 corridas
Luciano Burti - 2000 e 2001 - 15 corridas
23/31

Foto de: Jaguar

Enrique Bernoldi - de 2001 a 2003 - 28 corridas
Enrique Bernoldi - de 2001 a 2003 - 28 corridas
24/31

Foto de: Malcolm Griffiths / Motorsport Images

Felipe Massa - de 2002 a 2017 - 269 vitórias - 11 vitórias
Felipe Massa - de 2002 a 2017 - 269 vitórias - 11 vitórias
25/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Cristiano da Matta - 2003 e 2004 - 28 corridas
Cristiano da Matta - 2003 e 2004 - 28 corridas
26/31

Foto de: Brousseau Photo

Antonio Pizzonia - de 2003 a 2005 - 20 corridas
Antonio Pizzonia - de 2003 a 2005 - 20 corridas
27/31

Foto de: Sutton Motorsport Images

Nelsinho Piquet - 2008 e 2009 - 28 corridas
Nelsinho Piquet - 2008 e 2009 - 28 corridas
28/31

Foto de: DPPI

Bruno Senna - de 2010 a 2012 - 46 corridas
Bruno Senna - de 2010 a 2012 - 46 corridas
29/31

Foto de: XPB Images

Lucas di Grassi - 2010 - 18 corridas
Lucas di Grassi - 2010 - 18 corridas
30/31

Foto de: XPB Images

Felipe Nasr - 2015 e 2016 - 39 corridas
Felipe Nasr - 2015 e 2016 - 39 corridas
31/31

Foto de: Jose Maria Rubio

VÍDEO: Barrichello relembra em detalhes o dia em que Senna socou Irvine na F1 

PODCAST Motorsport.com: Quais pilotos mereciam ganhar títulos da F1 e não levaram?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Hockenheim está em conversas para receber GP em 2020
Artigo anterior

F1: Hockenheim está em conversas para receber GP em 2020

Próximo artigo

Batida com Verstappen que fez Ricciardo sair da RBR completa 2 anos; relembre

Batida com Verstappen que fez Ricciardo sair da RBR completa 2 anos; relembre
Carregar comentários