Fórmula 1 GP da Bélgica

Alonso culpa Hamilton pela batida na primeira volta do GP da Bélgica

Fernando Alonso colocou a culpa em Lewis Hamilton pelo confronto no início do GP da Bélgica, mas minimizou suas críticas como um “incidente na primeira volta”

Lewis Hamilton, Mercedes W13 crash with Fernando Alonso, Alpine A522

Na primeira volta, Hamilton tentou ultrapassar Alonso pelo terceiro lugar na entrada de Les Combes, mas o piloto da Mercedes apertou o rival e isso provocou uma colisão. Alonso seguiu na corrida sem grandes danos, mas o carro de Hamilton foi lançado ao ar e o piloto britânico teve que parar na área de escape da pista sob instruções de sua equipe devido aos danos.

Imediatamente após o confronto, Alonso disse no rádio da equipe: “Que idiota fechando a porta do lado de fora. Tivemos uma mega largada, mas esse cara só sabe pilotar e largar primeiro.”

Leia também:

Falando após a corrida, Alonso sustentou que foi um erro de Hamilton por não lhe dar espaço e comparou o confronto com o encontro de Hamilton com o ex-companheiro de equipe da Mercedes, Nico Rosberg, na mesma curva em 2014.

“Para mim, foi um pequeno erro da parte dele fechar a porta assim”, disse Alonso. “Na curva 5, vimos muitas e muitas vezes aqui que é paralelo e aconteceu o mesmo com ele com Rosberg alguns anos atrás [em 2014].

“Acho que foi um incidente na primeira volta. Acho que acontece, especialmente naquela curva, há muitas coisas acontecendo e normalmente você corta a curva na curva 6 e continua na curva 7.

“É uma parte complicada do circuito, com certeza, e foi um incidente de corrida.”

Fernando Alonso, Alpine A522

Fernando Alonso, Alpine A522

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Alonso acrescentou que sua frustração aumentou devido à sua forte largada de terceiro no grid, mas aceitou que isso não comprometeu muito sua corrida.

“Fiquei muito decepcionado, quando começo bem na primeira ou na segunda fila todas essas coisas acontecem e com certeza fiquei frustrado naquele momento. Mas ele aceitou seu erro”, explicou.

“Estou triste porque quando começo P2 ou P3 sempre essas coisas acontecem. Quando estou em 12º ou 13º, tenho uma corrida limpa".

“Eu queria ter uma [corrida] normal e já começamos com um incidente e depois tivemos uma estratégia muito agressiva, parando cedo. Não acho que tenha sido o mais inteligente, mas no final dos cinco primeiros é um bom fim de semana com a penalidade de Charles".

“Então, quinto e sétimo [e sétimo para Esteban Ocon] é um ótimo resultado para a equipe. Foi um fim de semana ruim para a McLaren, então maximizamos esses pontos.”

Alonso conquistou o quinto lugar, quando Charles Leclerc recebeu uma penalidade de cinco segundos por excesso de velocidade no pitlane quando a Ferrari o parou no final da corrida para tentar marcar o ponto extra pela volta mais rápida.

O pitstop extra deixou Leclerc atrás de Alonso na pista, mas Leclerc chegou a ultrapassá-lo na última volta. No entanto, em razão da penalização, o monegasco foi rebaixado para a sexta colocação.

“Está tudo bem, a Ferrari tem feito coisas estranhas, então essa foi outra coisa estranha”, disse ele sobre a estratégia da Ferrari de parar Leclerc no final.

F1 AO VIVO: Verstappen brilha e vence de forma dominante na Bélgica; acompanhe o melhor debate pós-corrida da movimentada prova em Spa

Podcast #192 – Sequência de corridas decidirá campeonato da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Ferrari revela que falha no sensor levou a punição de Leclerc por excesso de velocidade
Próximo artigo Wolff questiona postura de Piastri após anúncio da Alpine

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil