Últimas notícias

Wolff questiona postura de Piastri após anúncio da Alpine

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, questionou o infame tweet de Oscar Piastri em resposta ao anúncio da Alpine de que ele pilotaria pela equipe de Fórmula 1 em 2023.

Oscar Piastri, Alpine reserve driver

Após a mudança de Fernando Alonso para a Aston Martin, a Alpine agiu rapidamente para confirmar sua intenção de dar a Piastri o assento para 2023. No entanto, a equipe já sabia que Piastri também havia assinado contrato com a McLaren e pretendia correr pela equipe de Woking.

Piastri rapidamente foi às redes sociais para deixar claro que não tinha intenção de ocupar o lugar da Alpine, concluindo seu post com “isso está errado e não assinei contrato com a Alpine para 2023. Não vou pilotar pela Alpine na próxima ano."

Leia também:

O desprezo de Piastri pela equipe que investiu em sua carreira não foi bem recebido em todo o paddock, especialmente por equipes que também executam programas juniores e apoiam os pilotos à medida que avançam nas classificações.

“Eu tenho problemas maiores do que aproveitar para sentar na varanda como no The Muppet Show para assistir ao show na frente dos meus olhos”, disse Wolff quando perguntado pelo Motorsport.com o que ele achava da situação do mercado de pilotos.

“Acho importante que os programas juniores sejam respeitados. Acho que alguns dos garotos deveriam ter cuidado no Twitter com o que disseram sobre organizações multinacionais. Mas não tenho informações sobre os contratos.

“Acredito no carma, acredito na integridade. Mas não estou aqui para julgar porque, como disse, não conheço a situação legal.”

 

O chefe da equipe Red Bull Racing, Christian Horner, que viu dezenas de pilotos passarem pelo programa júnior da empresa de bebidas ao longo dos anos, também enfatizou a importância da lealdade.

“Eu não entendo completamente, porque contratualmente isso nunca deveria acontecer”, disse ele à Sky F1.

“Acho que se a Renault e a Alpine investiram em sua carreira júnior, é porque você investe na juventude porque está investindo nisso para o futuro, e deve haver um elemento de lealdade nisso"

“Então eu não entendo obviamente contratualmente o que está acontecendo lá. Mas para ele estar em posição de pensar que não precisa pilotar pela Alpine no próximo ano, obviamente mostra que algo não está certo"

“Espero que seja resolvido. Ele é outro grande talento jovem. Ele pilotou pela equipe Arden na Fórmula 4, Fórmula Renault, então eu o conheço muito bem"

“Ele é um grande talento que deveria estar no grid. Provavelmente houve um pouco mais de confusão em torno de sua estreia do que deveria haver.”

O chefe da Alpine, Otmar Szafnauer, deixou claro que a equipe revisará seu apoio aos pilotos juniores.

“Há lições a serem aprendidas com certeza”, disse. “Então, vamos olhar para trás e vamos analisar e se houver algumas coisas que podemos fazer melhor, tenho certeza de que as incorporaremos em nossos negócios futuros.”

F1 AO VIVO: Verstappen brilha e vence de forma dominante na Bélgica; acompanhe o melhor debate pós-corrida da movimentada prova em Spa

Podcast #192 – Sequência de corridas decidirá campeonato da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior Alonso culpa Hamilton pela batida na primeira volta do GP da Bélgica
Próximo artigo Em meio a especulações, Ocon diz que não existem mais tensões com Gasly
Assinar