Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Alonso: "No seco teríamos terminado nos pontos"

compartilhar
comentários
Alonso: "No seco teríamos terminado nos pontos"
Por:
Traduzido por: Daniel Betting
22 de jul de 2018 19:55

Fernando Alonso não cruzou a linha de chegada do GP da Alemanha, depois de lutar pelos pontos antes da chuva cair sobre Hockenheim

Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren MCL33, leads Esteban Ocon, Force India VJM11, and Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren, is interviewed on stage
Fernando Alonso, McLaren MCL33
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14, leads Fernando Alonso, McLaren MCL33
Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso largou em 11º no grid do GP da Alemanha, mas apesar disso figurou na zona de pontuação na primeira perna da corrida, antes de Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo o superarem. Depois que a chuva começou a cair sobre Hockenheim, o espanhol enfrentou as consequências de uma decisão estratégica arriscada da McLaren.

O espanhol foi um dos três primeiros pilotos a colocar os pneus intermediários por volta da 45ª quinta volta, quando começou a chover na área da curva 6. Mas a jogada desesperada da McLaren não surtiu efeito, já que a chuva não se espalhou pelo resto da pista.

"Sim, a verdade é que deu errado. Largamos muito bem, estávamos andando perto dos pontos e quando caíram algumas gotas tentamos arriscar para ver se a chuva caísse muito forte em poucos minutos. Fomos com os pneus para úmido e não estava chovendo, duas gotas caíam a cada 10 minutos e tivemos que entrar novamente e colocar os pneus de pista seca", disse o espanhol à Movistar + F1.

Leia também:

"Todas essas paradas nos deixaram nas últimas posições e não pudemos fazer nada. Tínhamos que tentar, podia dar muito bem ou muito mal. Já estávamos fora dos pontos, portanto, não perdemos muito."

Alonso espera-se terminar nos pontos, no domingo, conforme antecipou no sábado, depois de terminar o classificatório perto do top-10, e acredita que teriam conseguido se a corrida não tivesse sido interrompida pela chuva intermitente.

"Acho que no seco total teríamos terminado nos pontos. Íamos para uma parada, os outros para duas, eles tinham mais bolhas. Atrasamos a primeira parada em 12 voltas em comparação com nossos rivais, então, no final da corrida poderíamos ter ultrapassado alguns e acho que teríamos conseguido chegar em nono ou décimo. Seguimos esperando para ver se chega uma corrida na chuva, que sempre ameaça, mas nunca cai".

Sem descanso, a Fórmula 1 viaja para a Hungria na semana que vem para o último compromisso antes das férias de verão e Alonso espera marcar pontos em Hungaroring.

"A verdade é que, se chovesse naquele momento, teria que ter parado novamente porque os intermediários já estavam lisos. Quando você está atrás, não há necessidade de perder e correr riscos".

"Certamente coletamos boas informações com os dois carros e esperamos que na Hungria possamos estar nos pontos."

Próximo artigo
Rosberg: Vettel desperdiçou vitória por acelerar demais

Artigo anterior

Rosberg: Vettel desperdiçou vitória por acelerar demais

Próximo artigo

GALERIA: Vettel bate e Hamilton volta à liderança da F1

GALERIA: Vettel bate e Hamilton volta à liderança da F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Alemanha
Pilotos Fernando Alonso Compre Agora
Equipes McLaren Compre Agora
Autor Redacción