Análise
Fórmula 1 GP da Emilia Romagna

ANÁLISE: Indefinido, mercado de pilotos da F1 2025 se agita com início da temporada europeia

Chegada da F1 à Europa é acompanhada de diversas reuniões secretas nos motorhomes dos paddocks. F1 está mais perto de fechar vagas dos pilotos em 2025

Sergio Perez, Red Bull Racing RB20, lidera Carlos Sainz, Ferrari SF-24, Lando Norris, McLaren MCL38, Valtteri Bottas, Kick Sauber F1 Team C44, Kevin Magnussen, Haas VF-24, e o restante da equipe na volta de abertura da Sprint

O dominó do mercado de pilotos da Fórmula 1 está prestes cair, com decisões a serem tomadas em breve que poderão finalizar algumas vagas importantes. Enquanto a F1 se reunia para o início da temporada europeia em Ímola neste fim de semana, o retorno dos tradicionais motorhomes ao paddock desencadeou uma série de reuniões secretas com o objetivo de fechar as escalações de 2025.

Leia também:

E à medida que observadores atentos avistavam algumas dessas reuniões – incluindo uma conversa de Valtteri Bottas com James Vowles na Williams no sábado de manhã, ou a equipe administrativa de Carlos Sainz entrando e saindo de várias equipes, incluindo Red Bull e Alpine – surgiu uma imagem da silly season chegando a uma conclusão antecipada.

O gatilho para tudo se encaixar parece ser Sainz, que tem uma oferta Sauber/Audi em cima da mesa, mas se acredita que ele tem até o final deste mês para aceitá-la.

O espanhol já estava aguardando o momento de se tornar companheiro de equipe de Nico Hulkenberg. Contudo, ele não queria assinar um contrato enquanto havia a possibilidade de vagas atraentes na Red Bull e na Mercedes ainda em aberto.

Mas com a Red Bull cada vez mais perto de manter Sergio Perez, apesar do difícil fim de semana em Imola até agora, e a Mercedes aparentemente focada em Kimi Antonelli para o próximo ano (caso não consiga Verstappen), as chances de Sainz nessas equipes estão desaparecendo.

Com o espanhol chegando a uma decisão final sobre exatamente o que fazer, pode ser visto como um risco muito grande recusar um contrato de longo prazo na Audi por algo que pode ou não acontecer.

Carlos Sainz, Scuderia Ferrari

Carlos Sainz, Scuderia Ferrari

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Sugere-se que se o prazo expirar, com a Audi interessada em conseguir que seus motoristas sejam contratados rapidamente, é provável que a fabricante alemã opte por Esteban Ocon ou Pierre Gasly.

A realidade de Sainz se aproximando cada vez mais do assento da Sauber/Audi fez com que os atuais pilotos da equipe – Bottas e Zhou Guanyu – aceitassem a realidade de que seu futuro não está com o fabricante sediado em Hinwil.

Em vez de esperar e potencialmente ficar em desvantagem quando a decisão de Sainz for tomada, entende-se que Bottas, em particular, tem estado ativo na tentativa de fechar um acordo em outra equipe o mais rápido possível.

Isso ficou óbvio em Ímola, quando o finlandês foi flagrado em uma reunião de 15 minutos com Vowles em seu escritório no sábado. Questionado sobre a reunião, Bottas inicialmente brincou sobre ter ficado sem café, então “precisava pegar um pouco de lá”.

Mas, ao comentar sobre sua mentalidade em relação à situação contratual, Bottas disse: “Quando você estiver livre no mercado, você vai verificar o que está lá fora. É uma situação bastante normal se você estiver no livre no mercado.”

Valtteri Bottas, Stake F1 Team Kick Sauber

Valtteri Bottas, Stake F1 Team Kick Sauber

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Como vencedor de corrida na F1, Bottas seria um candidato ideal para fazer parceria com Alex Albon no próximo ano, com o próprio Vowles tendo dito no início da semana que tinha alguns candidatos que estava avaliando – sendo altamente improvável que ele mantenha Logan Sargeant.

“Estou analisando no momento três opções para 2025/2026”, disse Vowles. "Simples assim."

Para Bottas, outras possibilidades incluem Haas e Alpine – acredita-se que o finlandês esteja bastante confiante de que conseguirá entrar em uma delas.

Prevê-se que a Haas seja outra equipa a dar o primeiro passo, com a sua crescente competitividade tornando-a uma opção atraente para muitos. A equipe está fortemente ligada a Oliver Bearman, mas acredita-se igualmente que Gene Haas reluta em se comprometer com um novato após o período tumultuado da equipe com Mick Schumacher e Nikita Mazepin em 2021.

Todavia, a Haas pode mudar de ideia, especialmente se Bearman continuar a apresentar o forte desempenho em seus treinos livres – tendo mostrado seu potencial quando substituiu Sainz na Ferrari no GP da Arábia Saudita.

Além de Bottas, outras opções para a Haas incluem um dos atuais pilotos da Alpine, Zhou (colega de Bottas na Sauber) ou manter Kevin Magnussen. Boatos sugerem que Ocon está no topo da lista. No entanto, a Haas não descartou tentar buscar pilotos mais renomados do grid.

Oliver Bearman, Haas F1 Team, adjusts his helmet in the garage

Oliver Bearman, Haas F1 Team, adjusts his helmet in the garage

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Apesar do óbvio interesse de outros lugares nos acuais pilotos da Alpine, a fabricante francesa permanece calma sobre o assunto e não vê urgência em juntar-se à corrida do ouro para conseguir contratos.

Falando em Ímola, o chefe da Alpine, Bruno Famin, disse: “Queremos aproveitar o nosso tempo. Sempre dissemos que não estamos pressionados. Estamos felizes com nossos pilotos. Estamos trabalhando bem com eles. Também temos muitas pessoas vindo até nós. Temos pilotos muito bons em nossa academia. Então não temos pressão sobre isso".

“Queremos realmente focar no lado técnico, na melhoria do carro, na estrutura técnica e vamos dedicar nosso tempo aos pilotos", disse Famin.

Embora isso represente claramente o risco de perder qualquer um dos seus pilotos atuais se seus contratos não forem renovados, Famin sente que ainda há muito interesse de outros pilotos com a Alpine. O que salvaria a equipe de ficar desesperada para contratar novos profissionais.

PÓDIO: Verstappen SOFRE no fim mas segura NORRIS e vence o GP da Emilia Romagna em Ímola

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #282 – Histeria contra Hulkenberg na F1 é justificável?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Leclerc: "A estratégia de potência da Ferrari custou um resultado melhor"
Próximo artigo F1: GP da Tailândia ganha força após visita do Primeiro-Ministro a Ímola

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil