Últimas notícias
Fórmula 1 GP de Singapura

Andretti teria apoio da FIA, dependendo apenas da Liberty para se tornar a 11ª equipe da F1

Entenda como funciona o processo e quais são os próximos (e últimos) passos

Andretti Cadillac logo

Espera-se que, em três semanas, a FIA comunique o resultado do processo de avaliação das quatro equipes que pediram ingresso no grid da Fórmula 1 a partir de 2025. E enquanto a candidatura da Andretti-Cadillac teria o apoio da Federação, ainda depende do aval da Liberty Media para oficializar sua entrada.

Após a confirmação da análise do teto orçamentário de 2022, a FIA se aproxima de comunicar o resultado de outra investigação ainda neste mês, algo que é aguardado com muito interesse. No total, quatro equipes encaminharam à Federação o pedido de entrada no Mundial a partir de 2025.

Leia também:

Antes das férias de verão, rumores no paddock falavam que duas candidaturas estavam à frente no processo: Andretti-Cadillac e HiTech. Porém, nos últimos dias, as indicações apontam todas para a seleção do time americano.

As investigações da FIA começaram após o fim do prazo de inscrição, no fim de fevereiro, com a verificação do potencial técnico dos candidatos e visitas às instalações. Posteriormente, foi avaliada a situação financeira, potencialmente o ponto mais 'quente' desse processo.

Michael Andretti

Michael Andretti

Photo by: Alexander Trienitz / Motorsport Images

Um dos aspectos mais delicados foi a confirmação do compromisso de longo prazo das potenciais novas equipes já que, com a atual valorização das entradas (mesmo os times menores são avaliados em um bilhão de dólares), existe o risco de uma operação especulativa, ou seja, uma venda da estrutura e a respectiva saída logo após a entrada.

Segundo informações surgidas nos últimos dias, a Andretti já conta com uma sede operacional em Banbury (onde funcionam os trabalhos do time na Fórmula E), além de uma parceria plurianual com a Renault / Alpine, que garantiria à equipe uma unidade de potência e outros componentes do carro.

Em 2025, o motor seria obviamente a Alpine, com a parceria sendo mantida no início da nova geração de motores enquanto a General Motors teria tempo para se preparar para o futuro.

Stefano Domenicali

Stefano Domenicali

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

A bola está no campo da Liberty Media

Enquanto aguardam o feedback oficial da FIA, os especialistas já falam sobre o próximo passo, ou seja, a negociação que a Andretti terá que enfrentar assim que obtiver a aprovação da Federação.

Em muitos aspectos, este é apontado como o obstáculo mais difícil de ser superado: o acordo com a Liberty Media, detentora dos direitos comerciais da F1, um passo indispensável para poder chegar à entrada propriamente dita.

Nos últimos meses, as dez equipes e o próprio CEO Stefano Domenicali não lançaram grandes mensagens de abertura às novas equipes. A questão é delicada porque envolve a divisão de receita (proveniente de acordos com promotores dos GPs, da venda de direitos televisivos e outros itens como patrocinadores) com a presença de mais partes.

Às novas equipes é exigido (conforme o Pacto de Concórdia atual) uma taxa de diluição de 200 milhões e dólares, valor que as equipes do grid atual gostariam de aumentar para 600 milhões com base no aumento das avaliações.

FIA

FIA

Photo by: Erik Junius

A impressão é que a Liberty não quer correr o risco de abrir as portas para possíveis ações judiciais. Se a Andretti respeitar os requisitos muito claros impostos pelo regulamento atual, terá excelentes chances de integrar o grid a partir de 2025, e tanto a Liberty quanto as 10 equipes terão que aceitar um meio termo.

A longo prazo, o tema relativo à entrada de novas equipes será um ponto quente do novo Pacto de Concórdia, que entra em vigor a partir de 2026 e, neste contexto, é muito provável que as dez (ou onze ou doze) façam todo o possível para proteger sua posição.

Motorsport Business #1 - A NOVA STOCK CAR: João Bosco, da ArcelorMittal, dá detalhes do modelo 2025

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #247 - Há espaço para Drugovich na F1 em 2024? E Norris na Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior TELEMETRIA: Rico Penteado fala o que pode mudar com a nova pista para o GP de Singapura
Próximo artigo F1 - Atualização sobre vaga na Sauber impacta Drugovich; confira

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil