Últimas notícias

F1: Ferrari espera manter "momento positivo" em Singapura após pódio em Monza

Equipe italiana espera que a mudança no traçado possa favorecer o SF-23

Frederic Vasseur, diretor de equipe e gerente geral da Scuderia Ferrari, na coletiva de imprensa dos diretores de equipe

A mudança no traçado da pista do GP de Singapura deve funcionar a favor da Ferrari. Segundo o chefe da Scuderia na Fórmula 1, a remoção de duas chicanes, acelerando a pista (reduzindo o tempo de volta em 12s), pode ter um resultado positivo para o SF-23. Para Fréderic Vasseur, o objetivo é manter a tendência positiva após o pódio em Monza.

Por ser um circuito muito exigente para pilotos e carros, os organizadores decidiram introduzir uma mudança radical na pista, modificando toda a área das curvas 16 a 19, removendo duas chicanes para criar um trecho extra de reta onde deve ser possível ultrapassar.

Leia também:

Com a mudança, o comprimento do circuito foi reduzido para 4.940 metros e, com isso, o GP terá uma volta a mais - 62 em vez de 61 - enquanto o tempo de volta deve ser reduzido entre 12 e 15 segundos.

Após o pódio de Carlos Sainz com Charles Leclerc em quarto no GP da Itália, Vasseur espera dar continuidade ao momento favorável da Ferrari, por mais que Singapura seja uma prova similar à Hungria e Holanda, onde o time batalhou contra a falta de downforce do SF-23.

"Voltamos à pista em um circuito completamente diferente de Monza: a pista de Marina Bay exige uma grande carga aerodinâmica, um carro particularmente eficaz na tração e bem equilibrado para permitir aos pilotos a confiança certa entre os muros".

Charles Leclerc, Ferrari SF-23, nei test bagnati di Fiorano con l'assetto da alto carico

Charles Leclerc, Ferrari SF-23, nei test bagnati di Fiorano con l'assetto da alto carico

Photo by: Ferrari

Vasseur espera que os pilotos possam dar o seu melhor em um GP que exige muito da capacidade de concentração e resistência física.

"Por se tratar de uma pista de rua, o piloto pode fazer uma diferença ainda maior em Singapura: nos preparamos para a corrida da melhor forma possível no simulador, e vamos colocar Carlos e Charles em condições de rodar o máximo possível, tentando maximizar o potencial do SF-23".

"Viemos de uma corrida emocionante em Monza e queremos continuar essa tendência positiva, somando bons pontos também em Singapura".

Portanto, em Marina Bay, a Ferrari não dará sequência aos experimentos de acerto que vem fazendo nos treinos livres das últimas etapas e que ainda veremos nos GPs seguintes da temporada. Em Singapura descobriremos se o trabalho realizado no desenvolvimento da configuração de downforce máximo renderá frutos.

Motorsport Business #1 - A NOVA STOCK CAR: João Bosco, da ArcelorMittal, dá detalhes do modelo 2025

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #247 - Há espaço para Drugovich na F1 em 2024? E Norris na Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior F1 - Bernie Ecclestone: "Massa só está interessado no dinheiro"
Próximo artigo TELEMETRIA: Rico Penteado fala o que pode mudar com a nova pista para o GP de Singapura
Assinar