Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
25 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
32 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
46 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
109 dias

F1: Após acidente com Albon, chefe da Red Bull corneta Hamilton

compartilhar
comentários
F1: Após acidente com Albon, chefe da Red Bull corneta Hamilton
Por:
6 de jul de 2020 11:52

Christian Horner defende que hexacampeão precisa mudar abordagem após nova batida com tailandês

Lewis Hamilton e Alexander Albon brigavam pelo segundo lugar no fim do GP da Áustria, que abriu a temporada 2020 da Fórmula 1 neste domingo, mas o hexacampeão deu um toque no jovem rival (veja abaixo) e o tailandês da Red Bull acabou caindo para o fim do grid em Spielberg.

 

É a segunda vez que o britânico da Mercedes se envolve em um incidente que prejudica o concorrente. No GP do Brasil de 2019, Hamilton foi para cima de Albon e acabou batendo no meio do carro do piloto, tirando-o de um pódio certo em Interlagos.

Leia também:

Depois da corrida deste fim de semana no Red Bull Ring, o chefe da equipe de Albon, Christian Horner, criticou o hexacampeão da F1. Segundo o britânico, o piloto da Mercedes precisa mudar sua abordagem.

A declaração do dirigente da Red Bull vem após Hamilton ter tomado um acréscimo de 5 segundos no tempo de prova do GP da Áustria. Com isso, o competidor da Mercedes, que terminou em segundo na pista, acabou caindo para quarto na classificação final.

Enquanto o chefe da equipe alemã, Toto Wolff, achou que a sanção não foi "justificada", Horner defendeu a aplicação do gancho e afirmou que seu piloto foi o inocente na batida ocorrida neste domingo.

Questionado pelo Motorsport.com sobre se daria algum conselho a Albon relativamente a enfrentar Hamilton na pista futuramente, o chefe de equipe da Red Bull respondeu de forma bem-humorada: “Cuidado!”.

Horner também explicou por que Albon não teve culpa no acidente: “Alex não tinha a velocidade na reta, então ele sabia que tinha, com a vantagem de aderência, que passá-lo por dentro ou por fora em uma curva.”

“O trabalho foi feito. Ele estava começando a olhar em direção a Valtteri [Bottas, líder do GP] quando Lewis colocou uma roda por dentro. Então, acho que talvez seja Lewis quem deve responder sobre o que faria de diferente.”

"Alex ‘venceu’ a curva e estava na saída para a outra. Por que Lewis precisava colocar uma roda lá, eu não tenho ideia. É obviamente frustrante para Alex que seja a segunda vez em três corridas que isso acontece. Uma pena, acho que ele teria a chance de vencer.”

Embora alguns tenham sugerido que Albon poderia ter sido mais paciente na tentativa de ultrapassar devido à grande vantagem dos pneus que possuía, Horner deixou claro que acha que o piloto tailandês estava certo em dar o bote rapidamente.

"A maior vantagem que ele teve foi no aquecimento do pneu, porque a Mercedes precisou colocar o pneu duro depois de umas voltas atrás do carro de segurança. Vimos que a Mercedes era muito rápida nas retas, então ele precisava fazê-lo funcionar na curva.”

“Ele fez o trabalho indo para a curva. Na curva, ele estava à frente e apenas acelerando quando Lewis colocou uma roda lá. Você não pode ficar com raiva dele (Albon) por isso”, completou o chefe da Red Bull na F1.

PÓDIO: Regi Leme e Rico Penteado comentam polêmicas e analisam GP da Áustria

Entrevista com Bruno Senna: trajetória no automobilismo e histórias com Ayrton; ouça

 

.

Terceiro na Áustria, Norris entra em dois top-3 da história da F1; entenda

Artigo anterior

Terceiro na Áustria, Norris entra em dois top-3 da história da F1; entenda

Próximo artigo

F1: Ferrari perde 0s7 por volta em velocidade de reta na Áustria

F1: Ferrari perde 0s7 por volta em velocidade de reta na Áustria
Carregar comentários