Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
64 dias
06 mai
Próximo evento em
106 dias
20 mai
Próximo evento em
120 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
134 dias
10 jun
Próximo evento em
141 dias
24 jun
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
162 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
176 dias
29 jul
Próximo evento em
190 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
218 dias
02 set
Próximo evento em
225 dias
09 set
Próximo evento em
232 dias
23 set
Próximo evento em
246 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
253 dias
07 out
Próximo evento em
260 dias
21 out
Próximo evento em
274 dias
28 out
Próximo evento em
281 dias
05 nov
Próximo evento em
289 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
302 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
317 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
326 dias

F1: Ferrari perde 0s7 por volta em velocidade de reta na Áustria

compartilhar
comentários
F1: Ferrari perde 0s7 por volta em velocidade de reta na Áustria
Por:
, Editor

Carro do time de Maranello foi bastante inferior aos principais concorrentes no Red Bull Ring

Chefe de equipe da Ferrari, Mattia Binotto acredita que será "muito difícil" para a escuderia corrigir sua desvantagem de velocidade em reta nesta temporada da Fórmula 1, depois de perder 0s7 segundos por volta para a Mercedes na Áustria.

A Ferrari sofreu uma desastrosa qualificação no Red Bull Ring no sábado, quando o piloto monegasco Charles Leclerc se classificou em sétimo, um ano depois de conquistar a pole position no mesmo circuito.

Leia também:

Leclerc conseguiu chegar em segundo em uma corrida movimentada no domingo, apesar de ter passado boa parte da prova no ‘meio-campo’. Já seu companheiro de equipe, o alemão Sebastian Vettel, ficou em 10º na maior parte da etapa austríaca, mas caiu para o fim do grid após erro em tentativa de passar Carlos Sainz, espanhol da McLaren que será seu substituto em Maranello a partir de 2021.

O sofrimento da escuderia vem depois de seu motor de 2019 ser reconhecido como o mais potente do último campeonato. Entretanto, após o polêmico acordo secreto com a FIA relativamente à unidade de potência ferrarista, o que se vê é uma realidade bem diferente.

Não à toa, a drástica queda de rendimento sofrida pela Ferrari no GP da Áustria também foi verificada nas outras equipes impulsionadas pelas unidades de potência italianas nesta temporada 2020 da F1. Veja abaixo:

Comparação dos treinos classificatórios: 2019 x 2020

Comparação dos treinos classificatórios: 2019 x 2020

Após a corrida na Áustria, Binotto disse: "Precisamos melhorar o nosso carro, pois existem algumas erros de correlação com o design. No comportamento do carro, especialmente no aspecto aerodinâmico.”

"É um desenvolvimento que recomeçamos, voltando do lockdown, e esperamos ter em breve na pista. Não será a solução, pois não há bala de prata. O que é importante para nós é melhorar o comportamento”, afirmou, mencionando atualizações para o GP da Hungria.

Binotto também falou sobre a diferença de um segundo entre Leclerc e o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, na qualificação, atribuindo sete décimos disso somente à unidades de potência.

“Será muito difícil, porque o motor está congelado para a temporada. A velocidade nas retas é [também] relacionada ao arrasto, e isso não é algo que abordaremos muito em breve”, admitiu o dirigente italiano.

“Fiquei um pouco decepcionado em relação à classificação, um pouco decepcionado ao ver nossa velocidade na reta. Mas vamos analisar todos os dados e ver o que podemos fazer para o futuro", completou Binotto.

PÓDIO: Regi Leme e Rico Penteado comentam polêmicas e analisam GP da Áustria

Entrevista com Bruno Senna: trajetória no automobilismo e histórias com Ayrton; ouça

 

.

Related video

F1: Após acidente com Albon, chefe da Red Bull corneta Hamilton

Artigo anterior

F1: Após acidente com Albon, chefe da Red Bull corneta Hamilton

Próximo artigo

F1: Chefe da McLaren diz que Norris deu "próximo passo" como piloto

F1: Chefe da McLaren diz que Norris deu "próximo passo" como piloto
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Áustria
Equipes Scuderia Ferrari
Autor Luke Smith