Após início “doloroso”, Kimi espera dar volta por cima

Bem atrás do companheiro Vettel nas duas corridas até agora, finlandês mantém esperanças em novidades da Mercedes

Após início “doloroso”, Kimi espera dar volta por cima
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, leads Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, leads Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, and Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Carregar reprodutor de áudio

Depois de um quarto e um quinto lugar no início de sua campanha de 2017, Kimi Raikkonen se diz chateado. O finlandês citou o cancelamento dos treinos de sexta-feira na China, e falou ser difícil de aceitar sua forma atual.

O campeão de 2007 foi até mesmo criticado pelo presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, após a prova em Xangai.

"É sempre doloroso quando você não tem um bom resultado", explicou Raikkonen. "Eu estou no esporte por tempo suficiente e não é sempre que você está sorrindo e feliz.”

"É uma parte do trabalho, é frustrante, mas eu sei o que precisamos e temos uma visão muito clara do que queremos fazer."

As esperanças de Raikkonen de ajustar seu carro mais a seu gosto não foram ajudadas pelo cancelamento da sexta-feira na China, mas ele diz que não pode usar isso como desculpa.

"O cancelamento da sexta-feira foi um pouco ruim, mas é assim que é", disse ele. "Estou confiante de que podemos chegar onde queremos estar.”

"Precisamos começar a marcar pontos maiores para continuar na luta, mas vai ser um ano longo. É decepcionante terminar em quinto lugar, mas vou levar esses pontos e espero estar em melhor posição na próxima corrida."

As esperanças de Raikkonen na China não foram ajudadas pela decisão da Ferrari de alongar seu segundo stint por mais tempo do que o ideal antes de sua segunda parada. O piloto acredita que poderia lutar com as Red Bulls.

"É óbvio que não é ótimo não superar Ricciardo, mas nós tivemos um pouco de dificuldade para realmente tentar passar", disse ele. "Um monte de pequenas coisas poderiam ter acontecido melhor, e o resultado poderia ter sido muito melhor.”

"Eu não estou muito feliz com isso e temos muitas corridas para terminar. Temos coisas a melhorar.”

"Foi melhor aqui do que na última corrida, mas o resultado mostra que ainda temos melhorias a fazer na configuração, mas acho que sabemos o que queremos fazer.”

"Há muito potencial, só temos que fazer um trabalho melhor."

compartilhar
comentários
Hamilton iguala Prost e mira em recorde de Schumi
Artigo anterior

Hamilton iguala Prost e mira em recorde de Schumi

Próximo artigo

GALERIA: Grid Girls marcam presença pelo mundo

GALERIA: Grid Girls marcam presença pelo mundo