Últimas notícias

Após “milagre”, Alonso pede por corrida livre de problemas

Espanhol diz que torcida local “deu alguns décimos extras” e torce para que carro consiga chegar até o fim durante a corrida

Fernando Alonso, McLaren MCL32

Andrew Hone / Motorsport Images

Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren fans and banner
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren, looks on as Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1, Sebastian Vettel, Ferrari, are interviewed
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32 stops on track in FP1

Fernando Alonso classificou seu sétimo lugar no grid para o GP da Espanha como um “presente” após chegar ao Q3 pela primeira vez em 2017.

O piloto da McLaren, que não conseguiu andar no primeiro treino do fim de semana após outra falha no motor, teve sua melhor performance em classificação desde o GP da Hungria do ano passado. Ele ficou na posição de “melhor do resto”, atrás de Mercedes, Ferrari e Red Bull.

No Q1, Alonso colocou mais de 0s5 em seu companheiro de equipe, Stoffel Vandoorne, que terminou o treino em 19º.

Apesar de insistir que sua meta é marcar pontos no domingo, Alonso afirmou que seu treino classificatório foi “belo”. 

“Talvez no oval eu tenha aprendido a também ir rápido nas retas”, brincou. “Foi um bom treino classificatório para nós e o sétimo lugar é um presente. Então, vamos ver o que conseguimos fazer amanhã.”

“Como disse, alguns fins de semana começam mal, mas aí os problemas se resolvem – ou vice-versa. O importante é amanhã, quando tentaremos marcar alguns pontos.”

“Mas hoje foi um belo dia, um belo treino, em que encontramos décimo de segundo após décimo de segundo. Depois de surpreendentemente ir ao Q3, conseguimos encontrar outra volta muito boa.”

Alonso considera que ficou surpreso com a posição, mas disse que esperava ver a McLaren ainda mais forte apesar do começo turbulento.

“Ontem não foi uma sessão normal. Tivemos problemas na primeira sessão, e, na segunda, o carro estava meio pronto. Mas eu disse que seríamos mais competitivos hoje.”

“Foi melhor do que o esperado, mas o apoio das pessoas [na arquibancada] deu alguns décimos de segundo extras.”

O bicampeão agora espera por uma corrida livre de problemas. “Nunca se sabe quando teremos problemas. Já tivemos muitos neste ano e alguns apareceram de surpresa, então vamos esperar que isso não aconteça amanhã e que possamos conquistar alguns pontos.”

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Aliviado após drama, Vettel diz que erro custou pole
Próximo artigo Insatisfeito, Massa se queixa de superaquecimento de pneus

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil