Bottas: Williams busca terminar ano à frente da Force India

Apesar de reconhecer queda de produção do time de Grove, Valtteri Bottas afirma que equipe britânica é mais forte do que a Force India; os dois times lutam pelo quarto lugar no Mundial de Construtores

Bottas: Williams busca terminar ano à frente da Force India
Valtteri Bottas, Williams FW38
Valtteri Bottas, Williams FW38
Valtteri Bottas, Williams FW38 in the pits
Valtteri Bottas, Williams FW38
(L to R): Valtteri Bottas, Williams with team mate Felipe Massa, Williams
Valtteri Bottas, Williams
Valtteri Bottas, Williams F1 Team
Carregar reprodutor de áudio

A Williams não vem em um bom momento na temporada 2016 da Fórmula 1. Desde o GP do Canadá, quando Valtteri Bottas terminou em terceiro - o único pódio do time neste ano, até o momento - a Williams marcou apenas 15 pontos. A rival mais próxima na briga pelo quarto lugar no Mundial de Construtores, a Force India, marcou 29 no mesmo período.

A vantagem do time de Grove caiu, então, para 15 pontos. Apesar da Force India cada vez mais próxima, Bottas permanece confiante de que a Williams pode vencer a batalha contra a equipe comandada por Vijay Mallya.

"Creio que podemos vencer este desafio. Somos uma equipe forte - mais fortes do que eles, a meu ver - e devemos estar à frente deles", disse.

"Nosso objetivo no início da temporada era brigar pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores, as Red Bull, Ferrari e Mercedes estão fora de alcance. Agora, nosso novo objetivo para o restante da temporada é tentar manter o quarto lugar. É algo possível, então estamos trabalhando duro para isso", afirmou Bottas, que reconheceu o mau momento recente da Williams.

"Creio que perdemos um pouco da forma nas últimas corridas. Nós, definitivamente, não temos terminado nas posições que deveríamos estar com este carro. Acho que em algumas corridas não fomos capazes de extrair o máximo do pacote que temos", observou.

"Esta é a primeira coisa em que devemos focar - tentar extrair o máximo do carro e dos pneus em cada corrida. Isso é fundamental. Não teremos muitas novidades para este carro até o fim do ano e espero que seja o mesmo para as demais equipes - caso contrário, sofreremos bastante em algumas pistas", ressaltou.

"Mas ainda gosto de pensar positivamente o tempo todo e temos várias pistas que nos favorecem pela frente, então temos chance de fazer boas corridas. É fundamental que terminemos à frente da Force India no campeonato, este deve ser nosso objetivo", completou.

compartilhar
comentários
Punição de motor fará Ericsson perder 10 posições no grid
Artigo anterior

Punição de motor fará Ericsson perder 10 posições no grid

Próximo artigo

Massa diz que pressão de pneus mínima para Spa "é uma piada"

Massa diz que pressão de pneus mínima para Spa "é uma piada"