Fórmula 1
07 ago
Corrida em
06 Horas
:
53 Minutos
:
09 Segundos
04 set
Próximo evento em
25 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
32 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
46 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
109 dias

Brawn: protesto contra Racing Point será uma "questão complicada" para resolver

compartilhar
comentários
Brawn: protesto contra Racing Point será uma "questão complicada" para resolver
Por:
, Editor
20 de jul de 2020 16:40

O diretor de automobilismo da F1 comentou sobre o caso em sua tradicional coluna pós-corrida no site oficial da categoria

O grande assunto da temporada 2020 da Fórmula 1 até o momento é o protesto da Renault contra a Racing Point, alegando que o carro da rival não cumpre com o regulamento esportivo da categoria. E a própria F1 assume que a questão é complicada.

Após os dois últimos GPs, a Renault protocolou protestos contra a equipe britânica, especificamente sobre os dutos de freio do RP20. Desde o início, a Racing Point admitiu que seu carro de 2020 é inspirado no design da Mercedes W10 de 2019, mas sempre reafirmou que tudo foi feito dentro dos limites do regulamento,.

Leia também:

Falando em sua coluna pós-corrida, o diretor de automobilismo da F1, Ross Brawn, explicou como que copiar outras equipes era "padrão" na F1, assumindo que fez isso em sua época como chefe de equipe.

"Minha visão é que copiar na Fórmula 1 é padrão", escreveu. "Toda equipe tem, em tempos normais, fotógrafos no pitlane tirando milhares de fotos de todos os carros para análise, visando copiar as melhores ideias. Nós dávamos aos fotógrafos uma 'lista de compras'".

"A Racing Point apenas levou isso a um nível acima, fazendo um trabalho mais completo. Não há uma única equipe no paddock que nunca copiou nada de outra. Eu pediria a todos os diretores técnicos levantarem a mão se eles nunca fizeram algo do tipo. Você não veria mãos levantadas. Eu certamente fiz isso".

O protesto da Renault contra a Racing Point foca no design dos dutos de freio do RP20, alegando que é uma cópia do projeto da Mercedes. A equipe tinha a permissão de usar os dutos da Mercedes de 2019 no ano passado, quando eles não estavam como "partes listadas", o que obriga uma equipe a desenvolver um projeto próprio. Houve uma mudança no regulamento para 2020, que trouxe a inclusão dos dutos nessa lista.

Brawn disse que pode ser difícil para os projetistas da Racing Point provarem que não tinham conhecimento do projeto da Mercedes na hora de produzir sua própria versão.

"No ano passado, a Racing Point tinha acesso e podia usar os dutos de 2019 da Mercedes porque eles não eram uma parte listada. Neste ano, eles são, então você é obrigado a ter seu próprio projeto".

"Porém, a Racing Point não consegue simplesmente esquecer as informações adquiridas com o projeto dos dutos de 2019. Acho que é ilógico pensar que eles podem simplesmente apagar isso das memórias. É um problema complicado, que os especialistas da FIA terão que resolver".

A FIA deve resolver o assunto antes do GP da Grã-Bretanha, marcado para o início de agosto.

PÓDIO: Os bastidores do GP da Hungria com Lucas di Grassi e Rico Penteado

PODCAST: Guerra de bastidores na F1 e entrevista exclusiva com Igor Fraga

 

Norris ajuda mecânicos da McLaren a desmontar carro após GP da Hungria: "É um jeito de cuidar deles"

Artigo anterior

Norris ajuda mecânicos da McLaren a desmontar carro após GP da Hungria: "É um jeito de cuidar deles"

Próximo artigo

RETA FINAL: Hamilton merece as críticas que recebe? Eric Granado comenta volta de MotoGP e MotoE

RETA FINAL: Hamilton merece as críticas que recebe? Eric Granado comenta volta de MotoGP e MotoE
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Racing Point
Autor Luke Smith