Câmera no capacete, alta definição, drones e mais: as novidades tecnológicas da F1 2022

Categoria preparou transmissão televisiva inovadora para temporada que abre nova era técnica de carros

Câmera no capacete, alta definição, drones e mais: as novidades tecnológicas da F1 2022
Carregar reprodutor de áudio

A evolução tecnológica que ocorre a cada ano no desenvolvimento de carros é semelhante à que a Fórmula 1 faz em sua cobertura televisiva. Os chefes de transmissão da categoria sempre querem ultrapassar os limites quando se trata de tornar o show ainda melhor nas telas, seja por meio de novas ideias, aprimoramentos ou inovações.

Assim, à medida que a F1 entra em uma nova era de regras em 2022 com o GP do Bahrein, a próxima temporada verá o esporte elevar seu nível de 'espetáculo' mais uma vez.

Leia também:

Aqui está um resumo das principais mudanças que os telespectadores verão em 2022.

Câmera dentro do capacete - Driver's Eye

Charles Leclerc, Ferrari

Charles Leclerc, Ferrari

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

Após testes bem-sucedidos em várias sessões de treinos no ano passado, a F1 expandirá o uso de sua câmera de dentro do capacete para 2022. A visão dos pilotos será transmitida nas corridas pela primeira vez nesta temporada, com planos de usá-la em até quatro carros por evento.

O diretor de transmissão e mídia da categoria, Dean Locke, falou ao Motorsport.com sobre o recurso: "Ficamos muito felizes com os resultados do ano passado e agora vamos usar na classificação e em corridas".

No momento, devido aos requisitos de homologação da FIA, a câmera do capacete atualmente só pode ser usada em capacetes Bell, mas o trabalho está em andamento para que seja acoplada em outros fabricantes.

A F1 está particularmente ansiosa para que o recurso funcione bem, porque a tecnologia da câmera pode ser aplicada para trabalhar em áreas únicas do carro e trazer imagens únicas.

"Pensamos que, uma vez estabelecida a câmera do capacete, poderemos usá-la em todos os lugares", acrescentou Locke. "Estamos olhando para potenciais visões na luz traseira, ou aquelas que usamos no passado – como uma de retrovisor ou até mesmo na área dos pés."

HDR

George Russell, Mercedes W13, Alex Albon, Williams FW44, Esteban Ocon, Alpine A522, Guanyu Zhou, Alfa Romeo C42

George Russell, Mercedes W13, Alex Albon, Williams FW44, Esteban Ocon, Alpine A522, Guanyu Zhou, Alfa Romeo C42

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Para os canais capazes de fazê-lo, a F1 será transmitida em HDR (Grande Alcance Dinâmico) durante toda a temporada em 2022.

O método tornou-se cada vez mais comum na cobertura esportiva e oferece a mais alta qualidade de imagem de TV em telas de televisão tradicionais, mas também em outros dispositivos, como telefones e tablets.

Locke disse: "Estamos executando em HDR, o qual testamos no ano passado e fizemos alguns testes. Ficamos muito felizes com os resultados e, especialmente nessas corridas sob luzes, parece muito bom. É um grande passo à frente, realmente."

Novos ângulos de câmera

Daniel Ricciardo, McLaren MCL36

Daniel Ricciardo, McLaren MCL36

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

A F1 está sempre pronta para experimentar coisas novas com seus ângulos de câmera, por isso oferecerá novamente algumas visões diferentes em 2022, tanto na pista quanto onboard.

Locke acrescentou: "Temos um novo bico baixo a bordo, onde você não vê muito da asa dianteira agora. Isso realmente dá uma boa sensação de velocidade, o que estamos sempre tentando fazer".

"Também mudamos um pouco as posições de nossas câmeras de pista. As pessoas pensam que temos os mesmos ângulos a cada ano, mas na verdade sempre há diferenças."

Além das câmeras usadas para cobertura de corrida, a F1 terá acesso a três de alto movimento nos finais de semana de GP, enquanto no ano passado estava restrita a apenas uma.

Haverá também duas câmeras de roaming para ajudar a trazer imagens de momentos inesperados para a pista.

Locke disse: "Se um carro quebrar, entraremos no rádio e diremos: vá lá! Tivemos ótimas fotos disso, como quando um piloto está reagindo ao lado de seu veículo danificado".

"No entanto, ter câmeras em todos os lugares é a coisa certa. Teremos mais no pit wall. Tivemos uma ou duas no ano passado, mas esperamos cobrir todas as equipes em 2022."

Experimentos com drones

Pierre Gasly, AlphaTauri AT03

Pierre Gasly, AlphaTauri AT03

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Embora as filmagens de câmeras de drones tenham transformado muitos esportes de ação – do esqui ao rali – elas não foram amplamente usadas na F1.

As equipes às vezes utilizaram o recurso nos dias de filmagem, e a categoria o avaliou durante uma corrida na Áustria, mas a preferência por fotos aéreas continua sendo o uso de helicópteros.

A principal razão para isso foi a segurança – com alguns desafios impostos pelo risco de drones caírem do céu.

Locke disse: "Se você olhar para esportes como esqui alpino, ou qualquer coisa assim, eles estão seguindo um esquiador. Se essa coisa cair ou algo acontecer com esse drone, não é realmente um problema".

"Eles não têm muita gente no topo das montanhas: estão na base. Então funciona muito bem para eles".

"Se estivermos seguindo um carro, normalmente há outro atrás dele, o que nos dá algum tipo de problema fundamental. Além disso, a outra parte é que nossos carros estão indo a 320 km/h. Então, 320 km/h e um drone não é algo muito bom."

No entanto, a F1 acha que a mais recente tecnologia de drones está próxima de estar pronta para cobertura ao vivo nos finais de semana de GPs.

"Estamos de olho neles", reforçou Locke. "Isso não é necessariamente para substituir ou simular um helicóptero, porque na verdade seria um ângulo diferente."

"Esperamos trazê-los do meio até o final da temporada, com algumas novas fotos únicas que você só pode ver com drones."

A chave para dar a luz verde será a certeza de que a bateria dure o suficiente, além de garantir a transmissão de imagens em uma definição alta para que se misture perfeitamente com o feed internacional.

Novos gráficos

2022 TV graphics, Pit stop example

2022 TV graphics, Pit stop example

Photo by: FOM

Uma outra mudança óbvia já vista neste fim de semana são os gráficos da televisão, que a FOM reformulou extensivamente para esta temporada.

Eles recebem muito mais destaque e espaço na tela do que antes, a notar pelo próprio logotipo da F1 sendo movido para o canto superior esquerdo da tela

Locke disse: "Eles têm um novo visual e são muito diferentes do que tínhamos antes em aparência. Eles são ousados, um pouco mais renovados e mais 'jovens'. Eles têm muita influência do digital e de filmes."

F1 2021: LECLERC bate VERSTAPPEN e faz pole; tudo sobre a classificação no BAHREIN | Q4

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast - TELEMETRIA: Rico Penteado fala de pré-temporada e favoritos no Bahrein

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 AO VIVO: Leclerc lidera dobradinha da Ferrari, Verstappen quebra, Pérez erra e Hamilton é pódio
Artigo anterior

F1 AO VIVO: Leclerc lidera dobradinha da Ferrari, Verstappen quebra, Pérez erra e Hamilton é pódio

Próximo artigo

F1: Leclerc domina e vence GP do Bahrein com dobradinha da Ferrari; Hamilton completa pódio

F1: Leclerc domina e vence GP do Bahrein com dobradinha da Ferrari; Hamilton completa pódio