Binotto diz que Leclerc e Sainz começarão 2021 em igualdade de condições

Chefe da Ferrari salientou que caso um piloto esteja em melhor posição durante uma determinada fase do campeonato, que o assunto voltará a ser tema de discussão

Binotto diz que Leclerc e Sainz começarão 2021 em igualdade de condições

Charles Leclerc e Carlos Sainz começarão a temporada de 2021 da Fórmula 1 com o mesmo status de pilotos, disse Mattia Binotto, chefe da equipe Ferrari

Embora Leclerc esteja prestes a entrar em sua terceira temporada na equipe italiana, enquanto Carlos Sainz esteja prestes a embarcar em sua primeira temporada, Binotto deixou claro que não haverá piloto número um.

“Não há nada escrito no contrato de Charles ser o líder (da equipe)”, disse Binotto.

Leia também:

“Acho que os dois vão ter liberdade para brigar na pista. Acho importante que eles não se prejudiquem, isso é claro, mas acho que terão oportunidades iguais, certamente no início da temporada”.

Binotto disse que a prioridade da Ferrari sempre será maximizar os pontos dos construtores no campeonato, então qualquer envolvimento do pit wall nas ordens da equipe seria apenas nesse sentido.

“Nossa prioridade, como disse no passado e continuará sendo, é otimizar a pontuação da equipe. Portanto, pode ser que em algumas corridas, será importante que os dois estejam de alguma forma ajudando nas decisões da equipe ou aceitando as decisões da equipe para otimizar o que é de interesse da equipe.”

“Mais tarde na temporada, se houver uma vantagem clara de um piloto para o outro e um dos dois pilotos conseguir atingir um objetivo que não é possível para o outro, acho que haverá uma discussão aberta entre os dois.”

“Então, vamos ver como podemos eventualmente ajudar uns aos outros, mas ainda em benefício da equipe. Mas otimizar os pontos da equipe é a primeira prioridade.”

Sainz teve seu primeiro dia em Maranello na sexta-feira, onde conheceu a fábrica e teve uma série de reuniões para conhecer as pessoas com quem trabalhará.

Falando sobre sua experiência, o espanhol disse que estar em Maranello foi algo que ele lembrará para o resto da vida.

“É a primeira vez em vermelho, o que obviamente é, como você pode imaginar, muito especial”, disse o espanhol na sexta-feira. “É um dia especial para mim e provavelmente é um dia que nunca esquecerei.”

“Estou totalmente pronto, totalmente motivado aqui hoje, depois de deixar o Reino Unido ontem. Totalmente novo e totalmente atualizado para este novo desafio.”

“Haverá algum Natal e alguns feriados para desconectar e para garantir que recarregarmos as baterias o mais rápido possível. Mas pode ter certeza que estarei aqui no início de janeiro para continuar pressionando, para continuar ajudando esta equipe a seguir em frente o mais rápido possível na melhor direção.”

“Para ser honesto, mal posso esperar. Hoje já tive as minhas primeiras reuniões, a minha primeira visita à fábrica e é algo que nunca vou esquecer”.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Pietro Fittipaldi DETALHA tensão na Haas durante batida de Grosjean e PROJETA futuro

 

compartilhar
comentários
Modelo de negócios "frágil" da McLaren podia travar seu progresso na F1

Artigo anterior

Modelo de negócios "frágil" da McLaren podia travar seu progresso na F1

Próximo artigo

F1: Ferrari revela nome de carro de 2021 e planos para lançamento

F1: Ferrari revela nome de carro de 2021 e planos para lançamento
Carregar comentários