Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
58 dias
06 mai
Próximo evento em
100 dias
20 mai
Próximo evento em
114 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
128 dias
10 jun
Próximo evento em
135 dias
24 jun
Próximo evento em
149 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
156 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
170 dias
29 jul
Próximo evento em
184 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
212 dias
02 set
Próximo evento em
219 dias
09 set
Próximo evento em
226 dias
23 set
Próximo evento em
240 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
247 dias
07 out
Próximo evento em
254 dias
21 out
Próximo evento em
268 dias
28 out
Próximo evento em
275 dias
05 nov
Próximo evento em
283 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
296 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
311 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
320 dias

Chefe da Mercedes: "É impossível substituir Charlie Whiting"

compartilhar
comentários
Chefe da Mercedes: "É impossível substituir Charlie Whiting"
Por:

Toto Wolff destaca as muitas atividades de Whiting na Fórmula 1 e diz que é preciso apoiar quem quer que seja o novo diretor de provas

Chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff acha "impossível" que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) consiga substituir Charlie Whiting por uma única pessoa. O britânico ocupava, entre outras funções, o cargo de diretor de provas da Fórmula 1. Aos 66 anos, Whiting morreu na quinta-feira anterior ao Grande Prêmio da Austrália, chocando a comunidade dos esportes a motor e obrigando a FIA a colocar em prática um plano de emergência em Melbourne.

Enquanto o órgão regulador do automobilismo tenta finalizar um plano para substituir Whiting a longo prazo, Wolff diz que os chefes da F1 estão se dando conta do quão difícil será cobrir tudo o que o britânico fazia. "É impossível preencher o que ele fazia. Tive uma conversa com Ross Brawn no caminho para a foto dos pilotos e o minuto de silêncio, e ele disse que tinham acabado de descobrir quanta falta Charlie estava fazendo”.

Leia também:


"Isso inclui trivialidades como câmeras em posições perigosas, por exemplo. Isso é o que Ross mencionou para mim. Um monte de tarefas que não tinham nenhuma conexão com o cargo de diretor de prova. Certamente há decisões difíceis a serem tomadas, e acho que é impossível substituir Charlie. Mas precisamos apoiar quem quer que assuma esse trabalho", disse Wolff.

Para substituir Whiting no GP da Austrália, a FIA chamou o experiente Michael Masi, que seria o diretor de prova F2 e F3 este ano. Não está claro se ele continuará no cargo a curto prazo, ou se o órgão governamental procurará alguém. Presidente da FIA, Jean Todt disse que o órgão iria “trabalhar muito de perto com as equipes de F1” para pensar no caso. "Nossa equipe em Genebra está tentando ver o que vamos implementar para o futuro", disse Todt.

Charlie Whiting, Race Director, FIA, speaks at the Thursday FIA Press Conference

Charlie Whiting, Race Director, FIA, speaks at the Thursday FIA Press Conference

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Namorada de Kvyat, Kelly Piquet anuncia gravidez por redes sociais

Artigo anterior

Namorada de Kvyat, Kelly Piquet anuncia gravidez por redes sociais

Próximo artigo

Conheça o poliglota e metaleiro Daniil Kvyat, pai do neto de Nelson Piquet

Conheça o poliglota e metaleiro Daniil Kvyat, pai do neto de Nelson Piquet
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble