Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
14 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
42 dias

Chefe da Toro Rosso: Red Bull não perderia com volta de Kvyat

compartilhar
comentários
Chefe da Toro Rosso: Red Bull não perderia com volta de Kvyat
Por:
Co-autor: Christian Nimmervoll
27 de jun de 2019 13:27

Franz Tost acha que russo se daria bem se voltasse à equipe principal. Especulação se dá por má fase de Pierre Gasly

O chefe da equipe Toro Rosso na Fórmula 1, Franz Tost, acha que não será uma perda para a Red Bull se a equipe decidir trazer Daniil Kvyat de volta no ano que vem.

Leia também:

As contínuas dificuldades de Pierre Gasly para manter o ritmo do companheiro de equipe Max Verstappen levaram a rumores sobre o futuro do francês, após sua promoção no final da temporada passada.

Embora o conselheiro de automobilismo da Red Bull, Helmut Marko, tenha rejeitado repetidamente a opinião de que a equipe está considerando uma mudança no meio da temporada, é óbvio que a Gasly precisará melhorar se quiser garantir sua vaga para 2020.

Com Alex Albon ainda na temporada de estreia com a Toro Rosso, é improvável que ele consiga a promoção para o próximo ano, especialmente se a Red Bull concluir que Gasly subiu muito rapidamente.

Portanto, isso deixaria Kvyat como a opção mais provável. O russo também tem experiência, já tendo corrido anteriormente na Red Bull durante seu período na equipe austríaca em 2015 e no início de 2016.

Mas, embora um retorno de Kvyat ao time que o rebaixou seja notável, Tost não vê um problema com ele - e certamente acha que não seria embaraçoso. "O fator decisivo na Fórmula 1 é o desempenho. Se um motorista oferece o desempenho, por que não trazê-lo de volta? Se você está convencido de que é a escolha certa”.

Tost está longe de desdenhar sobre o potencial de Kvyat de se mudar para a Red Bull novamente, e ele acredita que o russo iria brilhar.

"Dany Kvyat é um piloto da Red Bull", acrescentou Tost. "Ele está atualmente em empréstimo para a Toro Rosso. Vamos ver como tudo isso se estende no futuro. Eu ficaria feliz se Dany pudesse voltar para uma equipe de ponta. Por quê? Porque eu acho que ele tem a velocidade. Se todas as circunstâncias estiverem corretas, ele pode se sair muito bem ".

Tost, que trabalhou com Gasly no ano passado, diz que não esperava que o jovem tivesse um momento tão difícil para subir para a Red Bull. "Estou um pouco surpreso porque acho que Pierre Gasly é muito melhor e mais rápido do que parece no momento", disse ele. "Mas eu não sei as circunstâncias exatas."

Questionado sobre a má impressão que Gasly está deixando, Tost disse: "Essa é a Fórmula 1! Essa é uma área de alta performance. Se você não apresentar o desempenho esperado, será criticado. Você precisa ser capaz de lidar com isso".

Falta de confiança

No início deste ano, Tost calculou que a velocidade de Gasly estava sendo prejudicada pela falta de confiança. "O carro é imprevisível para ele, e isso é algo que ele não gosta. Não é porque ele não tem talento, mas porque ele não tem experiência".

"E dois fatores se juntam. Primeiro, Verstappen com seu próprio nível de velocidade natural. Segundo, que o conceito de carro não combina com Gasly cem por cento. Esses dois fatores são suficientes para perder dois ou três centésimos de segundo em cada curva”.

Próximo artigo
F1: Alfa Romeo convoca Ericsson para testes da Pirelli na Áustria

Artigo anterior

F1: Alfa Romeo convoca Ericsson para testes da Pirelli na Áustria

Próximo artigo

Albon deve tomar punição no grid do GP da Áustria de Fórmula 1

Albon deve tomar punição no grid do GP da Áustria de Fórmula 1
Carregar comentários