Coulthard sugere que Hamilton saia da F1 por causa do porpoising

“Existem muitos caras e garotas que entrariam com muito prazer em seu carro, se você se sentir desconfortável”, afirmou o vice-campeão mundial da F1 2001

Coulthard sugere que Hamilton saia da F1 por causa do porpoising
Carregar reprodutor de áudio

Ex-piloto da Fórmula 1, o escocês David Coulthard criticou o heptacampeão mundial Lewis Hamilton, britânico da equipe Mercedes, pelas reclamações decorrentes do porpoising ('quicadas') enfrentado pelo time alemão.

Neste ano, marcado por novos regulamentos aerodinâmicos na categoria máxima do esporte a motor global, as Flechas de Prata perderam a hegemonia que detinham desde o começo da era híbrida.

O editor recomenda:

Campeã de todos os campeonatos da F1 desde 2014, exceto a disputa de pilotos de 2021, vencida pelo holandês Max Verstappen, da Red Bull, a escuderia germânica apostou em um conceito ousado para 2022, mas o tiro parece ter saído pela culatra.

Com um design diferente do usado por outras equipes de ponta, como a própria Red Bull e a Ferrari, a Mercedes vem sofrendo principalmente com o porpoising. Embora o time alemão tenha evoluído no último GP, no Canadá, as Flechas de Prata estão bem atrás das rivais entre os construtores.

Já no campeonato de pilotos, Hamilton é somente o sexto neste momento, estando inclusive dois postos atrás de seu compatriota e novo companheiro George Russell, substituto do finlandês Valtteri Bottas, que foi para a Alfa Romeo. O líder é Verstappen.

De todo modo, a Mercedes, inferior a Red Bull e Ferrari no que tange ao porpoising, vinha pressionando a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para uma intervenção do órgão nas 'quicadas'.

Uma diretiva técnica foi anunciada recentemente e, coincidentemente ou não, a Mercedes 'saltou' menos em Montreal, onde Hamilton completou o pódio atrás de Verstappen e do espanhol Carlos Sainz, da Ferrari.

Mas o fato é que alguns comentaristas de F1 não esqueceram as reiteradas reclamações de Hamilton em função do porpoising. Um deles é Coulthard, que 'sugeriu' que o piloto britânico saia da categoria. “Existem muitos caras e garotas que entrariam com muito prazer em seu carro, se você se sentir desconfortável”, disse David, que trabalha para o Channel 4, sobre o competidor da Mercedes, segundo o Express.

“Minha namorada costumava jogar pela seleção sueca de futebol e ela tem marcas nas pernas porque, como capitã, como atacante, ela estava sendo sempre atingida nos jogos”, completou Coulthard, que correu por Williams (1994 e 1995), McLaren (1996 a 2004) e Red Bull (2005 a 2008).

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #183 - O que Alonso poderia fazer hoje em carro de ponta da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Há dez anos, Schumacher conquistava seu último pódio na F1 após corrida caótica em Valência; relembre
Artigo anterior

Há dez anos, Schumacher conquistava seu último pódio na F1 após corrida caótica em Valência; relembre

Próximo artigo

F1: Chefe da Alpine comenta 'treta' entre Mercedes e Ferrari no Canadá

F1: Chefe da Alpine comenta 'treta' entre Mercedes e Ferrari no Canadá