“Eu não estou frustrado”, explica-se Schumacher sobre os pneus

compartilhar
comentários
“Eu não estou frustrado”, explica-se Schumacher sobre os pneus

Em recentes declarações, alemão disse que não consegue tirar mais do que 70% do carro por causa dos Pirelli

Após dizer que não estava gostando do modo como os pneus estavam influenciando em sua pilotagem, nesta sexta-feira de entrevistas coletivas em Barcelona, o time do TotalRace acompanhou in loco a explicação de Michael Schumacher sobre a atual reclamação dos pneus.

O heptacampeão confirmou que isso não se trata de uma espécie de “choro” ou frustração, mas sim uma opinião para possíveis mudanças no futuro.

“Isso certamente não tem nada a ver com o que vocês podem chamar de frustração. Mas eu não estou frustrado, não é algo que aconteceu apenas comigo”, comentou Schumacher.

“Cada um tem sua ideia de quais os princípios de como a F-1 devia ser e fico feliz em ter iniciado uma discussão sobre qual lado a categoria deve seguir. Na minha opinião, tudo deveria ser mais nivelado para todos ou pelo menos para a maioria, e não dar vantagens para um pequeno grupo”, comentou.

O piloto da Mercedes, que até agora só somou dois pontos na tabela de 2012, diz que a conversação com a Pirelli está progredindo e, após os testes de Mugello, o prumo da conversa está indo para a posição correta.

“Claro que não sou eu quem tem que decidir qual direção devemos seguir a respeito do tamanho da influência dos pneus na F-1. É uma discussão generalizada que eu gostaria de levantar. Tivemos uma boa reunião com a Pirelli em Mugello e acho que estamos indo na direção correta”, finalizou.

Sebastian Vettel, quando perguntado sobre as críticas de Schumacher, viu o lado bom de ter pneus que desgastam mais rapidamente.

“Se os pneus se desgastam, começamos a deslizar. Se um piloto desliza mais do que o outro, é porque ele colocou seus pneus duas voltas antes. Cria-se um tipo diferente de corrida, mais ultrapassagens, e o que eu imagino, é visto como uma corrida de melhor qualidade do lado de fora simplesmente porque há coisas acontecendo.”

“Eu acho que depende do que você realmente quer. Temos mais ultrapassagens. Fernando é bom com números, e assim como ele disse anteriormente, eu acho que as corridas de hoje - nos últimos dois anos desde que mudaram algumas coisas - tornaram-se muito melhores”, disse Vettel na coletiva desta quinta.

Já Fernando não vê porque esse clamor todo pela declaração de Schumi. Segundo o espanhol, essa entrevista foi exacerbada pela imprensa.

“Michael disse uma coisa e que tem sido escrito na imprensa de forma exagerada. Eu li o que ele disse e eu não vejo nenhum problema com isso”, finalizou.

 

Brasileiros celebram anúncio de reformas em Interlagos

Artigo anterior

Brasileiros celebram anúncio de reformas em Interlagos

Próximo artigo

Para Alonso, "chatice" de corridas na Espanha não existe mais

Para Alonso, "chatice" de corridas na Espanha não existe mais
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Michael Schumacher