F1: AlphaTauri quer 2021 sem erros para buscar liderança do pelotão do meio

Tanto Gasly quanto Tost defenderam que o ponto-chave nessa luta será a consistência, buscando terminar sempre na zona de pontos

F1: AlphaTauri quer 2021 sem erros para buscar liderança do pelotão do meio

Após uma temporada 2020 encorajadora na Fórmula 1, destacada pela vitória surpreendente de Pierre Gasly no GP da Itália, a AlphaTauri quer alçar voos maiores em 2021, buscando a liderança do pelotão do meio do grid. Para isso, o chefe da equipe, Franz Tost, disse que o objetivo principal do ano é claro: evitar ao máximo os erros.

Apesar da vitória e boas performances de Gasly ao longo do ano, a equipe não foi tão bem no Mundial de Construtores, terminando em sétimo, atrás de McLaren, Racing Point, Renault e Ferrari.

Leia também:

Tost disse que enquanto a equipe ficou feliz com os pontos altos de 2020, ele acredita que a chave para a luta desse ano é evitar ao máximo os momentos ruins.

"Em 2020 a AlphaTauri foi uma equipe do pelotão do meio. Conseguimos bater de frente contra outras equipes como McLaren, Renault e Racing Point, mas nosso objetivo nesse ano é liderar constantemente o pelotão do meio, melhorando ainda mais", disse Tost no evento de lançamento do AT02, carro de 2021.

"Para conquistar isso, temos que evitar problemas de confiabilidade e terminar sempre na zona de pontos. Isso só pode acontecer se não cometermos erros. Precisamos estar 100% concentrados o tempo todo, corrida após corrida, dentro e fora das pistas, porque temos competidores duros".

"Não posso esquecer que ano passado tivemos quatro abandonos, três deles por problemas de confiabilidade e um por conta de um acidente que Pierre esteve envolvido. Então perdemos quatro oportunidades de pontuar".

"Precisamos evitar que nos encontremos em certas situações. Então ainda há algum trabalho pela frente, mas a equipe está focada para se preparar do melhor modo possível para a nova temporada. Espero que o novo carro seja tão bom quanto esperamos que seja, porque se dermos um carro competitivo aos nossos pilotos, sei que podemos ter uma temporada ainda melhor neste ano".

As falas de Tost sobre lidar com os pontos fracos foram ecoadas por Gasly, que disse que o progresso precisa vir através da consistência ao longo do ano.

"Fizemos um ótimo trabalho no ano passado, e eu pude pilotar do modo que quis, conseguindo ter um ótimo relacionamento com meus engenheiros. Nós entendemos o que a equipe precisava, o que eu precisava e como trabalharmos juntos. Isso trouxe os resultados", disse Gasly.

"Estava muito satisfeito, mas ainda há espaço para crescimento, acertar alguns pontos. O que você precisa ao longo do ano é ser consistente, pontuando sempre. Precisamos ver como o carro se comporta no Bahrein. Só lá saberemos mais. Mas o ponto chave será a consistência, não cometendo erros".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1: Saiba TUDO que envolve os LANÇAMENTOS dos CARROS da TEMPORADA 2021

PODCAST - Como congelamento de motores impacta mercado da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Chefe da AlphaTauri acredita que Tsunoda traz forças "extraordinárias" para equipe
Artigo anterior

F1: Chefe da AlphaTauri acredita que Tsunoda traz forças "extraordinárias" para equipe

Próximo artigo

F1: Pirelli revela escolhas de pneus para 2021; Brasil terá gama mais macia que a de 2019

F1: Pirelli revela escolhas de pneus para 2021; Brasil terá gama mais macia que a de 2019
Carregar comentários