F1 - AlphaTauri: só teto de gastos não diminuirá diferença para grandes times

Franz Tost cita estrutura de simulação como um dos pontos fracos de seu time e que rivais investiram muito nos últimos anos

F1 - AlphaTauri: só teto de gastos não diminuirá diferença para grandes times
Carregar reprodutor de áudio

O teto orçamentário da Fórmula 1 não será suficiente por si só para permitir que algumas das equipes menores correspondam ao poder dos grandes gastadores, disse o chefe da AlphaTauri, Franz Tost.

Como parte do esforço da F1 para nivelar o grid, ela impôs um limite nos gastos – forçando as equipes a pensar de forma mais inteligente na busca pela vitória, em vez de simplesmente gastar mais dinheiro.

Leia também:

Mas enquanto o limite de US$ 140 milhões que está em vigor para este ano teve um impacto nas equipes de ponta como Mercedes, Red Bull e Ferrari, Tost disse que ainda não torna as coisas completamente iguais para todos.

Ele acha que outros fatores, como a qualidade atual do túnel de vento de uma equipe e das ferramentas de simulador, são igualmente importantes quando se trata de entrega de resultados.

“Ainda temos que trabalhar na infraestrutura, para otimizar tudo deste lado”, disse ele sobre o que ainda faltava para colocar a AlphaTauri na frente.

“Se eu vejo as ferramentas de simulação e só consigo ouvir o que essas equipes de ponta têm, simplesmente não temos isso. Eles investiram nos últimos anos, milhões para isso.”

“Temos um bom orçamento, mas nunca tivemos condições de investir tanto dinheiro em ferramentas de simulação. E as ferramentas de simulação estão se tornando cada vez mais importantes, porque estamos correndo menos na pista.”

“Portanto, você precisa ter isso, e acho que aí, ainda temos algumas deficiências.”

Pierre Gasly, AlphaTauri AT01 Mule

Pierre Gasly, AlphaTauri AT01 Mule

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Mas com as equipes de F1 tendo que projetar carros totalmente novos pela primeira vez sob as restrições de um teto de custos, Tost admite que há um grau de incerteza sobre como todos se comportarão.

“É uma história muito desconhecida porque é tudo completamente novo”, disse ele. “Não temos comparações com os outros.

“Confio em nossos engenheiros porque eles construíram dois bons carros: o AT01 já era um bom carro e o carro de 2021 era um passo à frente. Então, por que eles não poderiam fazer o AT03, mesmo que seja um carro completamente novo, também muito competitivo?”

“Mas há, do lado tecnológico, também filosofias diferentes. Só espero que sigamos na direção certa.”

“Onde nós realmente acabaremos, eu não sei. Mas eu confio em nossa equipe, o grupo aerodinâmico está fazendo um trabalho muito bom e eles estão indo na direção certa.”

Embora a AlphaTauri esteja atrás das maiores equipes em termos de instalações, Tost disse que esforços estão sendo feitos para melhorar as coisas.

“Vamos construir um novo prédio”, disse ele. “Terminamos em dois anos e há muitas coisas acontecendo para nos colocar em uma boa posição. Mas não somos só nós, os outros fazem o mesmo. É o que a Fórmula 1 é, uma grande luta em todos os lugares.”

SERGIO MAURICIO defende Masi, sem “PASSAR PANO”, e “ADORA” POLARIZAÇÃO entre Hamilton e Verstappen

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

 

Podcast #159 – O que esperar da temporada 2022 da F1?

 
 

 

 

compartilhar
comentários
F1: Rivais minimizam impacto de combustível de 2022, diz Honda
Artigo anterior

F1: Rivais minimizam impacto de combustível de 2022, diz Honda

Próximo artigo

ANÁLISE F1: Carro de 2022 da Ferrari deve ter ajustes na caixa de ar

ANÁLISE F1: Carro de 2022 da Ferrari deve ter ajustes na caixa de ar