F1: Alpine acredita que Ocon está pronto para liderar equipe em 2023

Szafnauer aponta que única fraqueza do francês é demorar muito para encontrar os limites no início de um fim de semana de corrida

Esteban Ocon, Alpine A522

Com a saída de Fernando Alonso e a vaga aberta para 2023 na Alpine, é muito certo que Esteban Ocon assuma o papel de líder na equipe francesa de Fórmula 1. Atuando ao lado de pilotos como Sergio Pérez na era Force India e Racing Point, Otmar Szafnauer acredita que o francês já provou seu valor e tem total capacidade de ser o 'responsável' na próxima temporada.

A Aston Martin anunciou na semana passada que tinha assinado com Fernando Alonso para 2023 e não ficou claro quem o substituirá na equipe de Enstone. A equipe esperava colocar o piloto reserva Oscar Piastri no lugar e o anunciou na semana passada. 

Leia também:

No entanto, está entendido que o australiano assinou um contrato com a McLaren e rapidamente veio às redes sociais para negar que ele correria pela Alpine no próximo ano. Enquanto a equipe francesa está reinvindicando Piastri, com a previsão da questão chegar até o Conselho de Reconhecimento de Contratos, a Alpine está, agora, considerando outros pilotos.

Isso inclui o ex-piloto da Renault, Nico Hulkenberg, mas a grande parte dos candidatos tem menos experiência que Ocon, potencialmente o líder da equipe no próximo ano. Szafnauer disse que Ocon provou seu valor ao lado de Sergio Pérez na Force India/Racing Point em 2017 e 2018.

"Ele pode liderar a equipe? Com certeza, ele está ficando cada vez melhor. Ele tem uma vitória em baixo do travesseiro, marcou bons pontos para nós este ano e vai aprender mais quando chegarmos ao próximo ano."

"Esteban é muito talentoso", ele disse. "Eu trabalhei com ele na Force India quando Sergio Pérez era seu companheiro de equipe.

"Ele é tão rápido quanto Sérgio e competia muito com ele, se você se lembra desses dias, eles estavam sempre juntos no grid e, às vezes, eles até se juntavam nas corridas! E nós vemos o que Sergio é capaz.

"Com Fernando [Alonso] também, mesmo com Fernando tendo o talento de conseguir sair para uma volta mesmo com um carro muito complicado. Ele precisa de três ou quatro voltas e está em 90% ou 99,9% e esse extra, 0.1% vem com mais algumas voltas, você sabe o que estou querendo dizer, enquanto Esteban leva um pouco mais de tempo para extrair o máximo do carro.

"Mas, no fim das contas, no sábado e depois no domingo, ele está lá. Ele só precisa aprender um pouco a chegar lá rapidamente, mas estamos trabalhando nisso com ele.

Esteban Ocon, Alpine A522

Esteban Ocon, Alpine A522

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Da conta de VETTEL no INSTA a ‘CHAPEÚ’ de Piastri: F1 vive realidade de ‘MUNDO INVERTIDO’; entenda

Podcast #189 - Quem tem mais a perder com confusão contratual? Alpine, Piastri, McLaren ou F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Como Honda perdeu oportunidade de assinar com Vettel ainda jovem
Próximo artigo F1: Ricciardo pede 'bolada' à McLaren para deixar time; veja cifras

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil