Últimas notícias

F1: Ricciardo pede 'bolada' à McLaren para deixar time; veja cifras

Equipe quer ajudar australiano a ir para outro time -- talvez até a Alpine -- para convencê-lo a diminuir pedida, em complexo arranjo financeiro; entenda

Daniel Ricciardo, McLaren, arrives into the paddock

Em meio à negociação entre McLaren e Oscar Piastri para a temporada 2023 da Fórmula 1, Daniel Ricciardo exige uma 'bolada' da equipe britânica para deixar o time de Woking no fim do campeonato de 2022.

Segundo o RacingNews365, os representantes do australiano querem US$ 21 milhões (cerca de R$ 107 milhões, na conversão desta terça-feira) para aceitar a rescisão contratual. A McLaren deseja encerrar o vínculo com o veterano justamente para contratar Piastri, compatriota de Ricciardo.

O editor recomenda:

O ex-Red Bull tem contrato com a McLaren até o fim de 2023, mas o CEO da equipe, Zak Brown, negocia com Piastri, de 21 anos, para tê-lo como novo companheiro do britânico Lando Norris, uma vez que Ricciardo não vem correspondendo às expectativas.

De acordo com a publicação, os valores supracitados correspondem à rodada inicial de tratativas entre McLaren e os representantes de Ricciardo. Ainda segundo o site, o time de Woking planeja assegurar um lugar para o australiano no grid de 2023, até para poder barganhar com o piloto.

A ideia é usar isso para diminuir o valor exigido por Ricciardo e, depois, receber de volta aquilo que o australiano porventura venha a receber em um possível acerto com outra equipe. Uma das cotadas, neste momento, é justamente a Alpine, na qual Piastri negou um assento titular para 2023.

Um retorno de Ricciardo à antiga Renault -- pela qual o australiano correu em 2019 e 2020 -- estaria orçado, segundo a publicação, na casa dos US$ 10 milhões. Este valor, portanto, teria de ser devolvido à McLaren pelo veterano, que já teria até se oferecido à Alpine.

VÍDEO EXCLUSIVO: DRUGOVICH admite que é “MUITO DIFÍCIL” entrar na F1 como piloto oficial e revela PARCERIA

Podcast #189 - Quem tem mais a perder com confusão contratual? Alpine, Piastri, McLaren ou F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior F1: Alpine acredita que Ocon está pronto para liderar equipe em 2023
Próximo artigo F1: Veja por que Piastri tinha caminho aberto para ir para McLaren
Assinar