F1: Aston Martin e Red Bull entram em acordo sobre chefe de aerodinâmica após disputa

Dan Fallows poderá se juntar à equipe britânica em abril, após os dois times começarem briga nos tribunais, mas acordo selar a paz

F1: Aston Martin e Red Bull entram em acordo sobre chefe de aerodinâmica após disputa
Carregar reprodutor de áudio

As equipes de Fórmula 1 Red Bull e Aston Martin resolveram sua disputa sobre o chefe de aerodinâmica, Dan Fallows.

A equipe britânica anunciou no ano passado que havia contratado Fallows de seu cargo como chefe de aerodinâmica da Red Bull para ser seu novo diretor técnico.

Leia também:

No entanto, o assunto foi parar na justiça com a Red Bull insistindo que manteria Fallows nos termos de seu contrato que ia até 2023.

Falando na época, o chefe da Red Bull, Christian Horner, disse que a equipe tinha pouco interesse em deixar Fallows ir mais cedo.

“Nossa situação com Dan é muito clara. Ele está trabalhando no carro [de 2021], ele está trabalhando no carro do próximo ano”, disse ele em julho.

“Ele ainda tem uma quantidade significativa de tempo. Ele só assinou o contrato no final do ano passado, então há um período significativo antes de meados de 2023. Obviamente, vamos mantê-lo ocupado durante o resto de seu contrato.”

Com a Red Bull não querendo facilitar a vida, o assunto foi ao tribunal, já que Fallows e Aston Martin pressionaram por uma liberação antecipada do contrato.

No entanto, ambas as equipes anunciaram nesta terça-feira (18) que chegaram a um acordo que permitirá que Fallows mude de equipe este ano. Os termos do acordo não foram divulgados.

Isso significa que Fallows poderá se juntar à Aston Martin em 2 de abril deste ano, para ajudar a equipe a progredir com seu novo carro.

Em uma breve declaração, Martin Whitmarsh, CEO do Grupo da Aston Martin Performance Technologies, saudou a atitude.

“Estamos satisfeitos por termos chegado a um acordo com a Red Bull que libera Dan antecipadamente de seu contrato e estamos ansiosos para que ele se junte à equipe”, disse ele.

Horner disse: “Gostaríamos de agradecer a Dan por seus muitos anos de excelente serviço e desejar-lhe boa sorte no futuro”.

O próprio Fallows acrescentou: “Desfrutei de muitos anos felizes na Red Bull Racing e estou orgulhoso do que alcançamos. Estou ansioso para a próxima temporada e um novo desafio.”

A Aston Martin estava ansiosa para colocar Fallows a bordo o mais rápido possível, pois tenta subir no grid após uma decepcionante campanha de 2021, em que terminou em sétimo no campeonato de construtores.

TELEMETRIA DE FÉRIAS: RICO PENTEADO fala tudo sobre NOVO CARRO DA F1 que estreia em 2022

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #157 - Sucesso da F1 na Band e destaques de 2021: entrevista com editor Fred Sabino

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
CEO da McLaren, Brown diz que F1 está "refém" das principais equipes no teto orçamentário
Artigo anterior

CEO da McLaren, Brown diz que F1 está "refém" das principais equipes no teto orçamentário

Próximo artigo

F1: Entenda por que Pirelli manterá distribuição fixa de pneus para equipes nos GPs

F1: Entenda por que Pirelli manterá distribuição fixa de pneus para equipes nos GPs
Carregar comentários