F1: Baku tem interesse de receber corridas sprint no futuro

Novo formato de fim de semana será testado em três etapas em 2021

Charles Leclerc, Ferrari SF90

Baku demonstrou interesse em receber corridas sprint da Fórmula 1 em temporadas futuras, se o formato for expandido para mais eventos após 2021.

A F1 testará as corridas sprint de classificação em três etapas neste ano, contando com uma prova de 100 km no sábado para definir o grid de largada para o GP no domingo.

Leia também:

O novo formato de final de semana está marcado para estrear no GP da Inglaterra, em julho, dando continuação nas etapas da Itália e Brasil - sujeito a confirmação.

Se o formato for mantido após este ano e expandido para mais eventos, o promotor do GP do Azerbaijão disse que ficaria feliz em ter corridas sprint em Baku.

"Eu sei que alguns dos pilotos se opõem a isso, e eles acham que é muito arriscado", disse o diretor executivo do Circuito da Cidade de Baku, Arif Rahimov, quando questionado pelo Motorsport.com se gostaria de receber corridas sprint.

"Para ser honesto, acho que qualquer mudança seria bem-vinda e qualquer experimento seria bom."

“Estou meio do lado oposto, pensando que experimentar o [novo] formato de fim de semana de corrida é uma coisa boa no geral, apenas para misturar as coisas e torná-lo mais interessante para os espectadores, torná-lo um pouco mais inesperado."

"Eu realmente gostaria de algo assim, se me fosse oferecido, se tivéssemos a escolha de fazer de uma forma ou de outra."

"Eu acho que qualquer mudança seria ótima para a F1. Houve tantas especulações diferentes sobre ter o grid invertido como fazem na F2, e agora tem as corridas sprint de classificação. Sou bem-vindo a qualquer uma dessas mudanças."

Baku sediará seu quinto GP de F1 no próximo mês, retornando ao calendário depois de ser forçado a cancelar sua corrida de 2020 devido à pandemia do coronavírus.

O contrato para a corrida foi estendido por um ano até 2024, compensando a temporada perdida, mas Rahimov disse que ainda não é hora de discutir um acordo de longo prazo.

"Ainda não começamos a falar sobre os contratos de longo prazo", disse Rahimov.

“Eu acho que não é um segredo, que da maneira que a F1 está tentando fazer seus contratos agora, eles provavelmente serão contratos de três anos a partir de agora. Eu acho que eles estão tentando padronizar isso em diferentes circuitos."

“Esta era para ser a primeira corrida [do contrato de três anos]. Portanto, não, ainda não começamos a falar sobre a extensão. Ainda temos muito tempo para fazer isso e não deve ser um problema", concluiu.

F1: TRETA de MERCEDES e RED BULL ganha novo capítulo após BRONCA de Hamilton; entenda ASA FLEXÍVEL

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Mercedes X Red Bull já pode ser considerada uma das maiores rivalidades da F1?

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 anuncia cancelamento de GP da Turquia e segunda prova na Áustria
Próximo artigo F1: McLaren diz que se beneficiará cada vez mais de Ricciardo

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil