Fórmula 1 GP do Japão

F1: Binotto se diz surpreso com punição a Leclerc e detona inconsistência da FIA

Chefe da Ferrari admitiu que equipe não vai apelar de decisão de dar cinco segundos de penalidade a Charles Leclerc após a corrida em Suzuka

Charles Leclerc, Ferrari F1-75

A Ferrari não vai apelar da penalidade de cinco segundos que Charles Leclerc recebeu, mas disse que ficou “muito surpresa e muito decepcionada” com a decisão que resolveu a corrida pelo título da Fórmula 1.

Max Verstappen conquistou seu segundo campeonato de pilotos de maneira bizarra no domingo no GP do Japão, só descobrindo no parque fechado, depois que os comissários deram a Leclerc uma penalidade por ganhar uma vantagem injusta em sua luta com Sergio Pérez na última volta.

Leia também:

Leclerc usou a área de escape para negociar a curva com o mexicano. Ele ficou à frente de Pérez quando cruzaram a linha, mas o incidente foi rapidamente investigado.

A decisão dos comissários de dar a Leclerc uma penalidade de 5 segundos deixou o monegasco em terceiro lugar e significou que Verstappen garantiu o campeonato, com todos os pontos sendo concedidos, apesar de a corrida mal completar 50% da distância de acordo com os regulamentos.

O chefe da Ferrari F1, Mattia Binotto, disse estar "muito surpreso e muito desapontado" com a decisão, observando que a FIA levou muito tempo para decidir sobre a sanção de Sergio Pérez por deixar uma diferença de mais de 10 carro atrás do safety car em Singapura, uma semana atrás.

“Sete dias depois de Singapura, onde eles levaram muitas voltas para decidir e depois da corrida, tivemos que ouvir os pilotos para tomar uma decisão simples e direta, hoje eles a tomaram em poucos segundos”, disse Binotto.

"[Estou] surpreso com comportamentos tão diferentes entre Singapura e aqui, depois de apenas alguns dias.

Sergio Perez, Red Bull Racing RB18, 2nd position, Charles Leclerc, Ferrari, 3rd position, in Parc Ferme

Sergio Perez, Red Bull Racing RB18, 2nd position, Charles Leclerc, Ferrari, 3rd position, in Parc Ferme

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

"A decisão de uma penalidade de cinco segundos foi certa ou errada? Em nossa opinião, ele honestamente não ganhou a vantagem. Ele estava à frente, ele ficou à frente, ele tem a diferença, ele manteve a mesma diferença. Então ainda discutível, mas foi assim que decidiram, que aceitaremos."

Binotto disse que a diferença no tempo da FIA foi "muito frustrante de se ver" no espaço de sete dias, principalmente porque não havia chance de falar com Leclerc no Japão antes de tomar a decisão.

"Se você for direto para a decisão como eles são óbvios, como deveriam ser, então cinco segundos de penalidade em Singapura deveriam ter sido dados imediatamente", disse Binotto.

"[Isso] nos daria a oportunidade de administrar a situação de maneira muito diferente, e poderia ter sido uma vitória em potencial.

"Então, estou frustrado e decepcionado com isso também."

Os comissários observaram em seu relatório que, embora Leclerc não tenha conquistado uma posição, ele "ainda foi considerado como tendo obtido uma vantagem duradoura".

"Esta determinação leva em consideração as numerosas reuniões de pilotos em que os diretores de corrida aconselharam que uma 'vantagem' seria considerada ganha se você sair da pista e retornar na mesma posição enquanto defende", disseram os comissários, citando precedentes com Zhou Guanyu na Arábia Saudita e Fernando Alonso em Miami.

BICAMPEÃO! E vem mais por aí? Rico Penteado analisa se haverá ‘ERA VERSTAPPEN’ na F1 até 2025

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com debate se GPs de rua têm de ser revistas na F1 após Singapura

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Entenda, pela regra da F1, por que Verstappen foi campeão em Suzuka
Próximo artigo F1: Gasly toma punição de 20s por excesso de velocidade durante bandeira vermelha

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil