F1: Bottas lidera primeiro treino livre para o GP da Rússia marcado por batidas de Sainz e Latifi; Hamilton é 19º

compartilhar
comentários
F1: Bottas lidera primeiro treino livre para o GP da Rússia marcado por batidas de Sainz e Latifi; Hamilton é 19º
Por:
, Repórter

Mundial entra na segunda metade da temporada 2020 com a etapa no circuito de Sochi

A Fórmula 1 iniciou nesta sexta aquele que pode ser um final de semana muito especial neste GP da Rússia, onde dois recordes históricos podem ser igualados. E na primeira sessão de treinos livres em Sochi, a liderança ficou com Valtteri Bottas enquanto Lewis Hamilton foi apenas o 19º, tendo passado toda a sessão com pneus duros.

As atenções do final de semana estão voltadas principalmente a um nome do grid: Lewis Hamilton. O hexacampeão, que segue encaminhando seu sétimo título Mundial, pode igualar neste fim de semana um recorde que era visto como inalcançável anteriormente: as 91 vitórias de Michael Schumacher. Por isso, ele terá a companhia da equipe de produção da série Drive to Survive ao longo do final de semana.

Leia também:

Sebastian Vettel, que tem um bom relacionamento com Hamilton, disse que sente uma mistura de emoções ao ver o britânico superar os recordes de seu ídolo Schumacher, mas afirmou que está feliz por Lewis, dizendo que ele merece o sucesso.

Outro recorde histórico que pode ser igualado em Sochi é o de Rubens Barrichello, como o piloto com maior número de largadas. Kimi Raikkonen deve empatar com o brasileiro com 322 GPs disputados cada um.

No paddock, Sergio Pérez segue sendo um dos principais assuntos, principalmente com os rumores de que ele está próximo de fechar um acordo com a Haas para 2021. Mas segundo Gunther Steiner, chefe da equipe americana, a escolha do mexicano não é tão óbvia quanto parece, já que eles estão considerando outros fatores para definir a dupla de 2021.

E o mexicano, que não terá o pacote de atualizações da Racing Point neste fim de semana, reclamou de sua equipe atual na coletiva da quinta-feira. Pérez afirmou que, após o anúncio de sua saída, alguns membros da Racing Point começaram a esconder informações dele.

Ainda em termos de atualizações, a Honda anunciou que terá um último pacote de novidades para a unidade de potência em 2020 neste fim de semana. Desde o GP de Mugello, Verstappen tem deixado clara sua insatisfação com a falta de confiabilidade do motor da montadora.

Foram quase dez minutos até que algum piloto deixasse de fazer apenas voltas de instalação para marcar uma cronometrada. E quem abriu os trabalhos é o piloto que tem toda a atenção deste fim de semana: Hamilton. Na primeira passagem, ele marcou 01min37s716. Mas os tempos das Mercedes foram os únicos por mais 15 minutos.

Na marca de 30 minutos de sessão, de um total de 90, os pilotos seguiam no meio de suas primeiras saídas à pista e a liderança no momento era de Verstappen com 01min36s751, seguido de Ricciardo a 0s101 e Pérez bem próximo, a 0s117. Logo na sequência, Bottas fez uma volta voadora e assumiu a ponta, com 01m34s923. Neste momento, os pilotos aproveitavam para testar compostos, tanto que os tempos dos cinco primeiros cobriam os três pneus do fim de semana.

Um incidente envolvendo Carlos Sainz levou ao acionamento do safety car virtual próximo de 50 minutos para o fim. O espanhol perdeu o controle de sua McLaren no meio da curva e acabou batendo com a traseira, danificando consideravelmente sua asa traseira. Apesar da bandeira verde ter voltado após poucos minutos, isso levou os carros de volta aos boxes.

 

Próximo de uma hora na sessão, a bandeira vermelha foi acionada devido a uma pancada de Nicholas Latifi na barreira de proteção. Nesse momento, o 01min34s923 de Bottas seguia o tempo a ser batido, seguido de Ocon a 1s138, Pérez a 1s597, Verstappen, a 1s828 e Ricciardo fechando o Top 5, 1s929 atrás do tempo do finlandês. Já Hamilton, que preferiu fazer stints com pneus duros, estava apenas em 15º. A pista foi liberada novamente dez minutos depois, com 27 minutos para o fim da sessão. 

 

No final, a volta marcada por Bottas na primeira parte da sessão não foi desafiada por ninguém e o finlandês terminou o TL1 na ponta, seguido de Ricciardo, a 0s507, Verstappen, a 0s654, Pérez, a 0s873 e Stroll, a1s024. Completaram o Top 10 Ocon, Kvyat, Albon, Vettel e Gasly. Leclerc foi o 11º enquanto Hamilton, que optou por um programa com pneus duros, foi apenas o 19º, a 2s793 do tempo de seu companheiro de Mercedes.

A Fórmula 1 volta à pista de Sochi novamente nesta sexta para o segundo treino livre para o GP da Rússia, a partir das 9h, horário de Brasília, e você pode acompanhar a transmissão pelo SporTV 2. E já deixe anotado aí: assim que acabar o TL2, corre para o canal do Motorsport.com no YouTube para acompanhar o Sexta-Livre. Nossa equipe vai falar sobre os treinos livres da F1 e os principais acontecimentos do dia do mundo do esporte a motor.

Todas as notícias sobre o GP da Rússia da F1 você acompanha no site do Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Fique por dentro de todas as novidades e análises e confira nossos programas e vídeos!

Cla # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença
1 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 13 1'34.923  
2 3 Australia Daniel Ricciardo Renault Renault 22 1'35.430 0.507
3 33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 22 1'35.577 0.654
4 11 Mexico Sergio Perez Racing Point Mercedes 23 1'35.796 0.873
5 18 Canada Lance Stroll Racing Point Mercedes 21 1'35.965 1.042
6 31 France Esteban Ocon Renault Renault 23 1'36.061 1.138
7 26 Russian Federation Daniil Kvyat AlphaTauri Honda 22 1'36.230 1.307
8 23 Thailand Alexander Albon Red Bull Honda 24 1'36.254 1.331
9 5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 23 1'36.323 1.400
10 10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 25 1'36.706 1.783
11 16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 23 1'36.896 1.973
12 55 Spain Carlos Sainz Jr. McLaren Renault 8 1'36.970 2.047
13 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Renault 28 1'37.110 2.187
14 99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 17 1'37.201 2.278
15 7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 23 1'37.230 2.307
16 20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 22 1'37.430 2.507
17 63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 24 1'37.595 2.672
18 8 France Romain Grosjean Haas Ferrari 24 1'37.649 2.726
19 44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 18 1'37.716 2.793
20 6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 11 1'37.784 2.861

DIRETO DO PADDOCK comenta rumores de Pérez na Haas, o ‘não’ de Verstappen a Hamilton e o futuro de Grosjean

PODCAST: Qual é o limite de Max Verstappen na Red Bull?

 

F1: Renault diz que túneis de vento compartilhados ainda permitirão que equipes trabalhem juntas

Artigo anterior

F1: Renault diz que túneis de vento compartilhados ainda permitirão que equipes trabalhem juntas

Próximo artigo

Comissão de Hamilton que visa melhorar representação negra no esporte terá ex-McLaren na diretoria

Comissão de Hamilton que visa melhorar representação negra no esporte terá ex-McLaren na diretoria
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Guilherme Longo