F1: Chefe da Alfa Romeo diz que Bottas será referência como Hamilton e Vettel

Frédéric Vasseur elogia experiência de finlandês e acredita que ida à escuderia é uma "excelente oportunidade" para ele liderá-la

F1: Chefe da Alfa Romeo diz que Bottas será referência como Hamilton e Vettel

O chefe da Alfa Romeo Frédéric Vasseur está muito satisfeito com a chegada de Valtteri Bottas. Segundo ele, a ida do finlandês a Hinwil representa o começo de um novo ciclo para a equipe suíça, que ainda precisa definir seu segundo assento após a aposentadoria de Kimi Raikkonen e especula nomes como Alexander Albon e Nyck de Vries.

Não será a primeira vez que o piloto e o mandatário trabalharão juntos, ambos estavam na ART na antiga GP3 em 2011, ano em que Bottas correu pela tradicional escuderia das categorias de base da Fórmula 1 e conquistou o título da temporada.

Leia também:

"Tenho uma relação muito boa com Valtteri há muito tempo", disse Vasseur ao Motorsport.com. "Quando trabalhamos juntos, conseguimos atingir nossos objetivos e considero-o um excelente piloto. Ele terá uma nova responsabilidade: para nós é fundamental ter um piloto com quem possamos contar a longo prazo e se coloque no centro do projeto, apostando na estabilidade."

"O acordo multitemporada com a Alfa Romeo Racing garante a Bottas e à equipe a continuidade que precisamos em um momento crucial para a Fórmula 1", complementou.

O chefe da escuderia sabe que está jogando com o novo ciclo técnico que terá início na próxima temporada, enquanto Bottas terá que demonstrar, fora da convivência com Lewis Hamilton, que é capaz de se tornar o ponto de referência de uma equipe: "Todos nós sabemos como é difícil estar ao lado de Lewis, mas em termos de puro desempenho acredito que Valtteri sempre foi um bom piloto e um grande profissional."

"Ao longo dos anos, provou ser um excelente companheiro de equipe. Estou convencido disso, precisamos de alguém como ele à disposição. É uma mais-valia em termos de performance e, além disso, vai trazer uma grande experiência adquirida em um time de topo."

"Penso que também é uma excelente oportunidade para Bottas, pois terá a oportunidade de ser o piloto de referência, um novo capítulo na sua carreira. Serão novas responsabilidades. Ainda o considero um jovem com várias temporadas nos ombros e ele estará conosco por muito tempo."

"É fundamental termos um piloto com quem possamos contar a longo prazo, colocar no centro do projeto como no passado era a Red Bull com [Sebastian] Vettel ou a Mercedes com o Lewis."

Vasseur também comentou sobre a definição do segundo piloto: "Em relação ao outro carro, queremos tomar uma decisão o mais rápido possível, o Antonio [Giovinazzi] acaba de voltar de um bom fim de semana, mas quero ter um quadro completo."

"Nesse sentido, também acompanho como está a Fórmula 2. É uma escolha muito importante para nós, e quero dedicar algum tempo para poder avaliar melhor todas as opções", concluiu.

F1 2021: Verstappen vence QUEDA DE BRAÇO com Hamilton em BRIGA ESTRATÉGICA na Holanda; veja debate

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: GP da Bélgica foi o maior fiasco da história da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Hamilton vê "futuro brilhante" para Bottas após saída da Mercedes: "Melhor companheiro"
Artigo anterior

F1 - Hamilton vê "futuro brilhante" para Bottas após saída da Mercedes: "Melhor companheiro"

Próximo artigo

F1: Brawn ficou "surpreso" ao ver que Mercedes não arriscou terceira parada na Holanda para bater Verstappen

F1: Brawn ficou "surpreso" ao ver que Mercedes não arriscou terceira parada na Holanda para bater Verstappen
Carregar comentários