F1: Chefe da Haas diz que pilotos deveriam ouvir e não tentar ser estrategistas

Mazepin teve pedido de troca de posições com Schumacher recusado no México

F1: Chefe da Haas diz que pilotos deveriam ouvir e não tentar ser estrategistas

O chefe da Haas, Gunther Steiner, disse que seus pilotos devem ouvir e parar de tentar ser estrategistas, após o último incidente entre Nikita Mazepin e Mick Schumacher.

Mazepin ficou irritado na classificação para o GP do México da Fórmula 1, quando lhe foi negado um pedido para ultrapassar seu companheiro de equipe durante o Q1.

Leia também:

Quando lhe disseram que não poderia, ele respondeu no rádio: "Você está rindo?"

O engenheiro-chefe de corrida da Haas, Ayao Komatsu, interveio e deixou claro que o time não estava brincando, e disse ao russo que ele deveria recuar.

Mazepin achou injusto a equipe ter recusado o seu pedido para troca de posições com Schumacher, enquanto o alemão teve permissão para fazer exatamente o mesmo no GP da Holanda.

"No evento anterior, na Holanda, pudemos trocar de posições e ele recebeu luz verde, enquanto eu recebi luz vermelha", explicou Mazepin.

Mas Steiner não acha que as comparações com o que aconteceu em Zandvoort sejam justas.

"Acho que ficou claro depois de Zandvoort, discutimos isso", disse Steiner. “Dissemos que nós [no pitwall] veríamos o que iria acontecer, porque vemos muito mais do que eles."

“Vimos que não adiantava [deixá-lo passar], porque mesmo se Nikita ultrapassar Mick, ele ficaria preso atrás da Williams. Portanto, não há ganho nisso. E então as temperaturas dos pneus estavam bem."

"Então foi exatamente como: não, fique onde está, porque senão corremos o risco de passar a linha de chegada e ter nossos dois carros se arrastando na reta e ambos perdendo na curva 1."

"No final acabou sendo melhor para Nikita, porque Mick entrou no trânsito nas últimas curvas, e ele não entrou. Mas ele não sabe disso."

Nikita Mazepin, Haas VF-21

Nikita Mazepin, Haas VF-21

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Steiner disse que a Haas sempre toma decisões focando no melhor interesse da equipe e que não estava dando preferência a um piloto em detrimento de outro.

“Nós apenas tentamos fazer o melhor, porque o que eu sempre digo a eles: a gente vê muito mais do que vocês. Portanto, não tente ser agora o estrategista de corrida nem nada. Apenas ouçam."

"Obviamente, sua reação [de Mazepin] foi, eu acho, no calor do momento, ele queria saber mais. E então foi tipo, não: é isso que você está fazendo."

Mazepin falou com a equipe sobre o incidente após a classificação e garantiu que a situação não afetou seu relacionamento, enquanto Schumacher também estava longe de se preocupar com o assunto.

“Certamente do nosso lado, tudo aconteceu normalmente e conforme planejado”, disse o alemão.

“Obviamente, os Williams estavam lá, mas eles estavam fazendo uma volta de saída mais rápida do que planejávamos. Na verdade, acabamos de fazer nossa volta de saída normal."

"Acho que a equipe deu instruções claras, e acho que as instruções para segurar vieram de ambos os lados. Do meu lado, acho que não há razão real para estar chateado de qualquer forma", concluiu.

F1 AO VIVO: Bottas REINA e é POLE no México! Verstappen é SÓ 3º e FICA P***. Hamilton é 2º, Pérez 4º

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #143 – TELEMETRIA: O que Mercedes e Hamilton têm que fazer para vencer no México

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
F1: Pérez revela troca de asas com Verstappen feita pela Red Bull antes de quali
Artigo anterior

F1: Pérez revela troca de asas com Verstappen feita pela Red Bull antes de quali

Próximo artigo

F1- PÓDIO: Verstappen brilha e vence no México, com Hamilton em 2º e Pérez em 3º; assista ao debate

F1- PÓDIO: Verstappen brilha e vence no México, com Hamilton em 2º e Pérez em 3º; assista ao debate
Carregar comentários