F1: Conheça as atualizações da Mercedes para o GP da Grã-Bretanha

Pilotos agradecem esforço da equipe alemã, mas questionam se será suficiente para reverter a situação para a Red Bull

F1: Conheça as atualizações da Mercedes para o GP da Grã-Bretanha

Um dos grandes assuntos do final de semana da Fórmula 1 em Silverstone é o pacote de atualizações que a Mercedes trouxe para o GP da Grã-Bretanha, e o impacto que isso pode ter no campeonato. Nesta sexta, a equipe alemã deu a primeira visão sobre as novidades do W12 e a expectativa de que isso a coloque mais próxima da Red Bull.

Com a Mercedes sem uma vitória desde o GP da Espanha em maio, a equipe mantém a expectativa de que os desenvolvimentos entregarão o tão esperado passo adiante em termos de performance.

Leia também:

Enquanto sua principal rival, a Red Bull, trouxe um programa agressivo de atualizações de aerodinâmica distribuídos corrida a corrida, a Mercedes insistiu em ser mais conservadora com as mudanças.

Até então, fez apenas pequenas mudanças no assoalho e no difusor como parte de um programa de retificação, com um pacote maior de atualização sendo a direção preferida em vez de pequenas modificações.

A equipe falou abertamente sobre um potencial pacote final para Silverstone, com os novos designs sendo vistos no pitlane antes do GP da Grã-Bretanha.

Em vez de ser visualmente dramático, as mudanças tem uma nuance, mas ainda podem ter um papel no melhor gerenciamento do fluxo de ar.

Os bargeboards e defletores nos sidepods foram montados para que funcionem juntos, de modo mais harmonioso, com a aleta em forma de burmerangue agora sendo repartida em várias camadas.

O defletor para cima localizado na frente foi cortado, e as faixas estendidas para a frente, a fim de coagir o fluxo de ar mais cedo que anteriormente, uma escolha de design que vimos outras equipes tomarem no seu processo de otimização da área.

As duas palhetas em forma de 'r' na base da matriz defletora do sidepod foram unidas por uma terceira palheta mais longa, que fica abaixo do defletor para cima. Isso também foi desconectado da asa do sidepod, bem como é possível ver em outros lugares do grid, com a asa horizontal virada para cima em sua ponta, para invocar uma estrutura específica para o fluxo de ar.

Para realizar essas alterações, a equipe de design também otimizou a área de trás, com quatro nadadeiras em ângulos externos, que podem ser encontradas entre a borda do assoalho e o sidepod.

Além disso, a borda 'ondulada' do assoalho foi reduzida para apenas uma única dobra com a aleta flap montada atrás sendo convertida em um arranjo de duas peças.

Os pilotos da Mercedes receberam bem os esforços da Mercedes na melhora do W12, mas não estão convencidos de que eles trarão uma mudança dramática.

Lewis Hamilton disse: "Há muitas mudanças no carro, mas não é uma atualização massiva em termos da vantagem para a Red Bull que vimos nas corridas, mas definitivamente ajuda em termos de reduzir a vantagem".

Perguntado sobre o tipo de ganho em tempos de volta que esperava com as mudanças, Valtteri Bottas disse: "Não posso quantificar. Não é nada grande, não é nada pequeno. Mas veremos, obviamente já na sexta, quando descobriremos o quão rápido o carro será".

EXCLUSIVO: Mariana Becker vê Hamilton mais irritado, Verstappen maduro e detalha 'treta' com Alonso

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #119 - TELEMETRIA: Qual é o impacto da 'Sprint' na F1? Rico Penteado responde

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Podcast #119 - TELEMETRIA: Qual é o impacto da 'Sprint' na F1? Rico Penteado responde

Artigo anterior

Podcast #119 - TELEMETRIA: Qual é o impacto da 'Sprint' na F1? Rico Penteado responde

Próximo artigo

GALERIA: Veja como seriam os carros de 2022 da F1 com as pinturas atuais das equipes

GALERIA: Veja como seriam os carros de 2022 da F1 com as pinturas atuais das equipes
Carregar comentários