Últimas notícias

F1: Em carta, presidente da Ferrari alerta que há "mudanças profundas" acontecendo na equipe

Em uma carta aos acionistas da Exor, John Elkann discutiu brevemente a situação atual pela qual a escuderia está passando garantindo que profundas mudanças estão ocorrendo dentro dos muros de Maranello

John Elkann, Chairman of Fiat Chrysler Automobiles

Após falar na semana passada na assembleia de acionistas da Ferrari sobre o desempenho da equipe na Fórmula 1, o presidente da escuderia italiana, John Elkann, voltou a tocar no assunto em carta aos acionistas da Exor, na qual menciona brevemente o momento em que a equipe vive atualmente na principal categoria do automobilismo.

Leia também:

Apesar de um início de campeonato infeliz, o presidente tinha reiterado nos últimos dias que continua a acreditar no bom trabalho da equipe técnica e de gestão, esta última parcialmente renovada após uma temporada 2022 em que os tão esperados títulos não chegaram. 

Ainda que o esquadrão de Maranello não viva o seu momento mais brilhante, mantém-se claro o objetivo da equipe agora comandada por Vasseur, lutar novamente por títulos: “Na Fórmula 1, o último mundial significou uma melhoria da nossa competitividade. Sem dúvida, o nosso objetivo é - e sempre será - vencer o campeonato, e Fred [Vasseur] e toda a equipe estão totalmente focados em alcançar esse objetivo", explicou Elkann há alguns dias.

Em carta aos acionistas da Exor divulgada nesta segunda-feira, o presidente abordou brevemente o assunto e a situação atual da Ferrari, destacando as profundas mudanças que estão ocorrendo dentro da Scuderia e que se destinam a fortalecer as atividades da equipe. Estas mudanças devem trazer o time italiano de volta ao topo.

Ferrari SF90 Stradale, John Elkann

Ferrari SF90 Stradale, John Elkann

Photo by: Foto Ferrari

"Mudanças profundas estão ocorrendo dentro das paredes de Maranello, em particular para fortalecer a atividade esportiva na pista", explicou Elkann na carta delineando o equilíbrio econômico do grupo de todas as atividades relacionadas com o mundo Exor. Algumas palavras em um longo discurso, principalmente relacionadas com os resultados financeiros, mas muito precisas.

Depois de enumerar os resultados, e sublinhar a importância do plano estratégico apresentado pelo CEO Vigna relativamente à produção de autopeças, que também prevê o primeiro carro 100% elétrico em 2025, o presidente da Ferrari quis realçar o espírito inovador: "O impulso para o progresso que nosso fundador Enzo Ferrari carregava em seu coração continua a manter o povo da Ferrari humilde e ambicioso na construção do futuro."

Financeiramente, a Ferrari fechou outro ano recorde, com receitas superiores a 2021 em quase 20%: "A Ferrari fechou o ano com resultados recordes, incluindo receitas de 5,1 bilhões de euros (+19% ano a ano) e EBITDA ajustado de 1,8 bilhões de euros (margem de 35%). A Ferrari continua a avançar com sua carteira em evolução, que prevê que a receita cresça para 6,7 bilhões de euros até 2026 e a margem EBITDA ajustada para atingir quase 40%, em linha com as melhores empresas de luxo", menciona a carta.

Galvão Bueno tem projeto para voltar a narrar F1; saiba mais no vídeo:

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior RETA FINAL: Donos escancaram 'fundo do poço' da Ferrari e Sainz pode sair; Drugo 'novo De Vries'?
Próximo artigo F1: FIA rejeita petição da Ferrari sobre revisão da penalidade aplicada em Sainz na Austrália

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil