F1: Entenda por que Red Bull e Pérez ainda não renovaram para 2022

Escuderia austríaca conta com 44 pontos de vantagem sobre a Mercedes graças às atuações combinadas dos dois pilotos

F1: Entenda por que Red Bull e Pérez ainda não renovaram para 2022

Sergio Pérez é o terceiro colocado no Mundial de pilotos da temporada de 2021 da Fórmula 1 e contribuiu para a vantagem de 44 pontos da Red Bull sobre a Mercedes no campeonato de construtores, no entanto, sua renovação não chega.

Leia também:

Mas por que a escuderia austríaca não está  renovando o acordo com Pérez ? 

Checo está em terceiro lugar no campeonato de pilotos, com 104 pontos, atrás apenas de Max Verstappen e Lewis Hamilton .

Reforçado pelo quarto lugar que conquistou no ano passado com a então Racing Point, Pérez conseguiu encontrar seu lugar na Red Bull em 2021.

Mesmo sem se destacar no ranking, o mexicano é um "caçador" das corridas com uma característica fundamental: sabe cuidar dos pneus e suas corridas são sempre as mais longas.

Na era dos híbridos, de repente, aparecem 44 pontos de vantagem da Red Bull sobre a Mercedes graças às atuações combinadas dos dois pilotos.

Em Spielberg, Pérez colocou a Ferrari Charles Leclerc  no cascalho duas vezes, o que o levou a receber duas penalidades de cinco segundos cada.

O futuro de Leclerc, 'na boca' do paddock

Mas por que tão veemente com o monegasco? No paddock, fala-se que Leclerc está sofrendo com seu talento, que não é suficiente para ser capaz de desafiar Verstappen e Hamilton em condições de igualdade, tendo que se contentar com as últimas fileiras pelo segundo ano consecutivo.

John Elkann e Mattia Binotto apontaram 2022 como o ano decisivo para o time de Maranello: com a mudança de regra e a adoção de monopostos com efeito de solo, a Ferrari tem uma grande oportunidade de retorno. Mas é realmente assim?

O monegasco não parece entusiasmado e parece olhar em volta, embora exista um contrato em vigor com a Scuderia válido até 2024. E, sobretudo, tem o surgimento de Sainz, que vem ganhando a estima da equipe pela sua capacidade, método, trabalho e determinação.

E então, as sirenes do mercado de pilotos sugerem que pode ter havido algum contato com a Red Bull para saber se Helmut Marko tem vontade de construir um verdadeiro "time dos sonhos".

Embora a ideia pareça tentadora no papel, é difícil acreditar que a escuderia que investiu e apostou em Verstappen queira mudar algo que funcione

Certamente uma dupla Verstappen/Leclerc teria um efeito de bomba para responder a uma Mercedes de  - talvez - Hamilton/Russell. As dúvidas são sérias: no final, Leclerc fará bem em descobrir quanto vale aquele efeito solo da Ferrari, enquanto Pérez pode merecer uma renovação sem medo de ser nocauteado novamente pelo mercado no que é, afinal, sua melhor temporada na F1.

Live do Christian Fittipaldi (3): a Magia de Le Mans e as corridas mais dramáticas de sua carreira

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual é o tamanho da temporada de Norris até agora?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Red Bull espera "grande desafio" a seu domínio em Silverstone, reduto da Mercedes
Artigo anterior

F1: Red Bull espera "grande desafio" a seu domínio em Silverstone, reduto da Mercedes

Próximo artigo

Hamilton sai em defesa de jogadores da Inglaterra e diz que atos racistas são "inaceitáveis"

Hamilton sai em defesa de jogadores da Inglaterra e diz que atos racistas são "inaceitáveis"
Carregar comentários