F1: FIA inicia investigação sobre incidente com trator no GP do Japão

FIA lança uma investigação sobre o momento e o uso dos veículos de resgate no Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, após pilotos reportarem a presença de um trator na pista.

The Safety Car Max Verstappen, Red Bull Racing RB18, Charles Leclerc, Ferrari F1-75

Steven Tee / Motorsport Images

Após o acidente na primeira volta do Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1, envolvendo o piloto Carlos Sainz da Ferrari, os fiscais de pista enviaram um trator para o circuito para ajudar na retirada do carro que ficou atravessado na pista.

O fato revoltou os pilotos, que relembraram do incidente no GP do Japão de 2014, onde Jules Bianchi sofreu ferimentos aos quais viria a falecer meses depois, após bater em um guindaste semelhante. O incidente gerou um desconforto generalizado no paddock sobre o que aconteceu.

Nisso, vários pilotos expressaram sua preocupação com o fato de o trator estar lá enquanto eles estavam atrás do safety car, enquanto Pierre Gasly , da AlphaTauri – que passou em velocidade muito mais alta, pois estava na parte de trás do grupo após um pitstop – ficou furioso com a situação perigosa.

Falando depois, o francês disse: "Perdemos Jules há oito anos em condições semelhantes com um guindaste em pista no cascalho. Não entendo como oito anos depois em condições semelhantes ainda podemos ver um guindaste, nem mesmo no cascalho mas na linha de corrida.

"Não é respeitoso com Jules, com sua família, com seus entes queridos e com todos nós."

"Foi um incidente dramático e acho que naquele dia aprendemos que não queremos ver nenhum trator neste tipo de condições."

"Se eu tivesse perdido o carro da mesma forma que Carlos perdeu na volta anterior... Eu estava a 200 km/h, mas não é o problema, mesmo a 100 km/h, se eu o tivesse perdido e batido em um guindaste de 12 toneladas, eu estaria morto agora."

Embora a FIA deixe claro que é um procedimento padrão na F1 que os veículos sejam recuperados por guindastes em condições de carro de segurança, ela diz que o feedback dos motoristas sobre o que aconteceu a levou a levar o assunto mais a sério.

O carro de Carlos Sainz, Ferrari F1-75, é recuperado com um caminhão

O carro de Carlos Sainz, Ferrari F1-75, é recuperado com um caminhão

Foto por: Steven Tee / Motorsport Images

Um porta-voz da FIA disse na noite de domingo que uma revisão completa das circunstâncias agora ocorrerá para ver quais lições podem ser aprendidas para garantir que não haja problemas repetidos no futuro.

Um comunicado disse: "Embora seja prática normal recuperar carros em condições de safety car e bandeira vermelha, devido às circunstâncias particulares e também levando em consideração o feedback de vários pilotos, a FIA lançou uma revisão completa dos eventos envolvendo a implantação de veículos de recuperação durante o Grande Prêmio do Japão.

“Isso faz parte da prática comum de debrief e análise de todos os incidentes de corrida para garantir melhorias contínuas de processos e procedimentos”.

Leia também:

Um dos principais aspectos da investigação provavelmente será se os fiscais de pista agiram unilateralmente ao enviar o guindaste tão rapidamente ou se foram autorizados a fazê-lo pelo controle de corrida.

O Artigo 2.6.1 do Apêndice H do Código Esportivo Internacional pelo qual todos os eventos da FIA são realizados, afirma claramente: "Nenhum comissário ou veículo deve entrar no perímetro do circuito sem permissão do controle de corrida."

BICAMPEÃO! E vem mais por aí? Rico Penteado analisa se haverá ‘ERA VERSTAPPEN’ na F1 até 2025

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com debate se GPs de rua têm de ser revistas na F1 após Singapura

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Título de Verstappen confirmado e Pérez na vice-liderança; a tabela após Suzuka
Próximo artigo F1: Para Horner, direção de prova errou ao revisar regras de pontos que deu o título para Verstappen no Japão

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil