F1: FIA investiga Ferrari após polêmica em teste de pneus

Após queixas de rivais, FIA busca esclarecimentos sobre mudanças no assoalho da equipe italiana durante testes em Ímola

F1: FIA investiga Ferrari após polêmica em teste de pneus
Carregar reprodutor de áudio

A Ferrari foi uma das quatro equipes que participaram de um teste de desenvolvimento de pneus após o GP da Emilia Romagna, da Fórmula 1. A iniciativa da escuderia de Maranello não passou ilesa a críticas. Algumas equipes reclamaram sobre supostas modificações no assoalho, o que é proibido. Segundo o regulamento, não é permitido nenhuma mudança de configuração diferentes das usadas em testes oficiais ou corridas na temporada.  

As regras dizem: “os carros nesses testes devem usar apenas componentes de uma especificação que tenham sido usados em pelo menos uma corrida ou durante teste oficiais deste campeonato. Os carros devem cumprir totalmente as disposições do Regulamento Técnico.” 

Em imagens divulgadas, é possível notar diferentes especificações no assoalho do carro de Carlos Sainz. Na ocasião, os dois pilotos da Ferrari foram a pista – o piso de Leclerc estaria condizente com a regra.

Carlos Sainz, Ferrari F1-75, floor detail

Carlos Sainz, Ferrari F1-75, floor detail

Photo by: Davide Cavazza

Pelo menos duas equipes já comunicaram a FIA para verificar sobre a legalidade do que foi feito. Fontes indicaram que o corpo diretivo já está em diálogo com a escuderia italiana. 

Ao ser questionada, a Ferrari se recusou a revelar todos os detalhes sobre onde e quando o piso de Sainz havia corrido antes, porém a equipe está convencida de que cumpriu totalmente os regulamentos e está completamente relaxada com a situação.

ATUALIZAÇÃO:

A Ferrari recebeu a aprovação da FIA por rodar com diferentes assoalhos no teste de pneus da F1 de Ímola na semana passada.

Após o diálogo entre a FIA e a Ferrari durante o fim de semana de Miami para verificar os componentes que foram utilizados, entende-se que a investigação foi concluída com o órgão regulador satisfeito com o cumprimento das regras.

Embora não haja uma declaração oficial sobre o assunto, entende-se que a mudança de piso da Ferrari foi motivada por danos na sessão da manhã.

A FIA estava convencida de que o piso que foi instalado no carro de Sainz para a tarde era na verdade uma especificação mais antiga que havia sido utilizada no início do ano – portanto, estava em conformidade com as regras.

TELEMETRIA: Qual equipe é favorita no GP de Miami?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - TELEMETIRA: Tudo sobre o GP de Miami com Rico Penteado

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Pilotos analisam trechos mais "desafiadores" da pista de Miami
Artigo anterior

F1: Pilotos analisam trechos mais "desafiadores" da pista de Miami

Próximo artigo

F1: Após acordo com McLaren ficar distante, Audi conversa com Aston Martin

F1: Após acordo com McLaren ficar distante, Audi conversa com Aston Martin