F1: Gasly diz que AlphaTauri precisa melhorar após "passos atrás"

Após bom início, equipe italiana não conseguiu manter boa performance vista no Bahrein e na Emilia Romagna

F1: Gasly diz que AlphaTauri precisa melhorar após "passos atrás"

Após um início forte na Fórmula 1 2021, a AlphaTauri não parece mais acompanhar as principais rivais do pelotão do meio, com Pierre Gasly não conseguindo exibir as fortes performances vistas nas classificações no Bahrein e em Ímola. E para o francês, a equipe precisa entender o que há de errado para melhorar, já que deram "passos atrás".

O francês foi um dos destaques das duas primeiras etapas do ano, garantindo o quinto lugar no grid de largada tanto no GP do Bahrein quanto na Emilia Romagna, dividindo a frente do pelotão do meio com McLaren e Ferrari.

Leia também:

Mas a AlphaTauri não apresentou o mesmo rendimento nas etapas seguintes, em Portugal e na Espanha, com Gasly sendo eliminado no Q2 no último fim de semana em Barcelona. Com isso, a equipe perdeu para a Alpine o quinto lugar no Mundial de Construtores.

Após largar em 12º em Barcelona, Gasly batalhou para terminar em 10º, garantindo pontos em todas as corridas feitas até aqui. O piloto fez um balanço do GP da Espanha, afirmando que a primeira parte da corrida foi muito difícil e falou sobre a situação geral da AlphaTauri.

"Na primeira parte da corrida, seguindo os outros carros, foi muito, muito difícil. E acho que é algo que precisamos melhorar. E quando ventava um pouco mais, ficava muito, muito difícil. E nas últimas voltas, tinha muitos carros para passar. Devo dizer que isso foi emocionante, com boas batalhas".

"Fiquei meio frustrado por chegar tão próximo da nona posição no fim, mas acho que foi uma grande recuperação. Mas, no fim, estamos devendo ritmo comparado às duas primeiras corridas".

"Isso é algo que precisamos entender porque demos um passo atrás na ordem comparado ao começo do ano. E, sim, temos trabalho pela frente".

O francês ainda falou sobre uma fraqueza em particular do carro da AlphaTauri, as curvas de baixa e o que esperar de Mônaco.

"Sim, exatamente. Sinto que Mônaco, é uma pista tão particular que pode acabar sendo um pouco diferente. Mas há áreas claras onde precisamos melhorar. O carro não é ruim, tem potencial, mas não conseguimos fazê-lo funcionar em todos os tipos de curvas, tendo um balanço suave do carro ao longo da corrida".

"Então sempre temos forças e grandes fraquezas, o que é algo que, na minha opinião, precisamos melhorar. Mas sim, vamos trabalhar, acredito na equipe e sei que vamos dar passos adiante nas próximas corridas".

"Obviamente em velocidade baixa geralmente é mais técnico do que aerodinâmico [os problemas], mas a plataforma aerodinâmica pode ter um impacto nisso. Então, sim, precisamos analisar todo o processo para entender o que precisamos para melhorar nessas curvas".

"Mas sim, Ferrari e McLaren deram grandes passos adiante. E acho que precisamos acompanhar se quisermos uma batalha nesse pelotão do meio".

RETA FINAL: Hamilton dispara, fraqueza da Red Bull, fator Pérez, rádio de Wolff e mais

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: A F1 deveria acabar com os limites de pista?

 

compartilhar
comentários
F1: Veja as 10 coisas que aprendemos com o GP da Espanha

Artigo anterior

F1: Veja as 10 coisas que aprendemos com o GP da Espanha

Próximo artigo

F1 - Wolff diz que planos de motor da Red Bull pode ser positivo: "É bom termos outro possível construtor"

F1 - Wolff diz que planos de motor da Red Bull pode ser positivo: "É bom termos outro possível construtor"
Carregar comentários