Fórmula 1 GP da Cidade de México

F1: Hamilton afirma que Red Bull não apoia Pérez “de forma alguma”

Piloto britânico defendeu mexicano e garantiu que ele não conta com o “apoio” da sua própria equipe

Lewis Hamilton, Mercedes AMG, 2nd position, Sergio Perez, Red Bull Racing, 3rd position, in Parc Ferme

A Fórmula 1 não cessa sua atividade e pela frente tem um emocionante GP do México em que uma de suas grandes estrelas quer se dar muito bem diante de todo o seu público. É Sergio Pérez, que está no olho do furacão devido ao mau desempenho com um carro com o qual seu companheiro de equipe, Max Verstappen, conquistou com muito conforto seu terceiro título mundial.

Leia também:

O piloto de Guadalajara, que trava uma dura briga pelo vice-campeonato contra Lewis Hamilton, recebeu a defesa do próprio britânico. O piloto da Mercedes garantiu que o mexicano não estava recebendo todo o apoio que precisava da Red Bull e, com isso, o piloto foi afetado.

Em declarações à Fox Sports, o inglês disse: “Acho que a Red Bull não apoia Pérez de forma alguma. Claro, sei que a Red Bull tem muitos membros, mas há pessoas dentro da equipe que afetam psicologicamente Pérez e não o apoiam. Eu me sentiria muito mal se ouvisse comentários negativos sobre mim todo fim de semana, como os que ele recebeu.”

“Ele está em um ambiente de equipe muito completo, mas acho que ele sabe como lidar com essa pressão psicológica”, disse o heptacampeão mundial. “Não experimentei nada parecido com Pérez, mas como piloto, eu sei como é a pressão. Psicologicamente, essa pressão é algo que pesa muito sobre você e é muito difícil de expressar em palavras.

O mexicano, que iniciou a temporada de 2023 com duas vitórias nas quatro primeiras corridas, recebeu críticas de um dos maiores nomes da esfera de Milton Keynes, Helmut Marko, embora o chefe da equipe, Christian Horner, tenha garantido seu assento para 2024.

Hamilton também ficou impressionado com a forma como Pérez começou o ano: "No início da temporada fiquei impressionado com o desempenho dele. A certa altura, ele estava no topo do campeonato de pilotos e pensei que ele estava tendo um desempenho na sua melhor forma, mas não foi possível demonstrar isso durante toda a campanha.”

“A F1 é um esporte muito difícil, o mais importante que quero dizer a Pérez é que nunca desista, que se levante e continue lutando”, explicou o inglês. “Tenho certeza de que isso vai aparecer no México neste fim de semana. Corri com motivação extra quando estive em Silverstone e Pérez fará o mesmo”.

AUDI DESISTIU da F1? Sainz com MAL-ESTAR, Massa REBATE FIA, Pérez admite FASE RUIM e +

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #253 – Desclassificação de Hamilton nos EUA 'salva pele' de Pérez na Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: GP da Cidade do México tem primeiro punido por troca de motor; confira
Próximo artigo SEXTA-LIVRE: Os treinos na Cidade do México; veja debate

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil