F1: Magnussen muda de opinião e ‘absolve’ Hamilton por toque na Espanha

Após esbravejar no rádio e acusar inglês de mudar a direção no momento do contato, piloto da Haas não vê culpa do rival e fala em “azar”

F1: Magnussen muda de opinião e ‘absolve’ Hamilton por toque na Espanha
Carregar reprodutor de áudio

Kevin Magnussen admitiu que mudou de opinião sobre o culpado pelo acidente que teve com Lewis Hamilton no GP da Espanha de Fórmula 1. O dinamarquês e o piloto da Mercedes se tocaram na curva 4 da volta inicial da última corrida, enquanto tentava uma ultrapassagem por fora.

Imediatamente, no rádio da equipe, Magnussen disse que Hamilton deliberadamente virou seu volante, algo que ele esclareceu mais tarde que foram observações feitas no calor do momento. Vendo o acidente do lado de fora do cockpit, dias após o GP da Espanha, o piloto da Haas acredita que o heptacampeão mundial é completamente inocente.

Leia também:

Ao contrário, Magnussen acredita que foi uma circunstância infeliz e que poderia ter deixado mais espaço para o britânico. Já em Mônaco, o dinamarquês falou sobre o incidente.

“Eu tive a chance de rever o lance e, claro, mudei minha visão a respeito. Na pista, tive a sensação de que ele virou o volante, mas não foi o que aconteceu. Ele pegou a turbulência da Ferrari e saiu um pouco de frente”, declarou.

Kevin Magnussen, Haas F1 Team

Kevin Magnussen, Haas F1 Team

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

“Eu estava muito perto dele e não deixei um espaço para algum erro, eu não dei margem. Então, nos tocamos. Foi um azar”, completou o piloto da Haas, que ressaltou não ter arrependimentos pelo que fez, mas que, hoje, faria um pouquinho diferente.

“Agora eu teria virado um milésimo depois, mas em uma curva como aquela, quando você vai passar por fora, necessita estar mais perto possível do outro carro, pois não quer ir longe ou na parte suja da pista e foi o que eu fiz”, comentou.

“Infelizmente, nos tocamos. Tivermos muito azar. Se o toque fosse um pouco mais à frente, teríamos ficado roda a roda e as consequências seriam diferentes. Infelizmente, acertei o lado do pneu, que furou. Foi azar. Gostaria de ter dado a ele um pouco mais de espaço”, completou o dinamarquês.

Este incidente colocou Hamilton e Magnussen no fundo do pelotão na volta inicial. Enquanto o heptacampeão conseguiu uma grande recuperação e terminou em quinto, mesmo com problemas no motor no final da prova. Já o dinamarquês não conseguiu fazer o mesmo e foi para casa com o 17º lugar.

Após polêmica, Sergio Mauricio comenta 'treta' no Twitter, explica "mimimi" e manda recado a haters

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #179: O que Hamilton e Russell podem conseguir com melhora da Mercedes?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
F1: Motor pode ser fator chave para Ferrari em Mônaco
Artigo anterior

F1: Motor pode ser fator chave para Ferrari em Mônaco

Próximo artigo

Leclerc defende corrida em casa: "F1 sem Mônaco não é F1”

Leclerc defende corrida em casa: "F1 sem Mônaco não é F1”