F1: Marko defende 'demora' da Red Bull em investigação sobre Horner

F1 e FIA cobraram agilidade da Red Bull nos últimos dias para que a investigação fosse concluída antes do início da temporada

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing, in Parc Ferme

Simon Galloway / Motorsport Images

Caso Horner

Chefe da Red Bull é investigado por suposta conduta indevida

O consultor da Red Bull na Fórmula 1, Helmut Marko, se manifestou pela primeira vez sobre a investigação conduzida pela marca de bebidas energéticas sobre a má conduta de Christian Horner contra uma funcionária da equipe, defendendo o tempo dedicado à análise do caso.

Desde que o caso veio à tona, a Red Bull confirmou o lançamento de uma investigação realizada por uma empresa independente, que analisa as evidências do caso, cujos detalhes ainda não foram confirmados pela marca austríaca ao público. Segundo o jornal holandês De Telegraaf, Horner teria assediado sexualmente a funcionária e tentado abafar o assunto com dinheiro.

Leia também:

Até o momento, Horner segue à frente da Red Bull, estando presente no lançamento do carro na sede em Milton Keynes e no shakedown do RB20 em Silverstone, com a expectativa de sua presença a partir desta quarta no começo dos testes de pré-temporada no Bahrein.

Mas, com a nova temporada chegando, há um risco disso eclipsar a etapa de abertura no Bahrein e, por isso, a própria categoria pediu urgência e prioridade à Red Bull na conclusão da investigação.

"Notamos que a Red Bull lançou uma investigação independente sobre as alegações internas da Red Bull Racing", disse o comunicado da F1. "Esperamos que o assunto seja resolvido o mais rápido possível após um processo justo e completo, e não comentaremos mais sobre o caso".

Com as equipes a caminho do Bahrein, não há um pronunciamento oficial da Red Bull sobre o status da investigação, nem de ações potenciais.

Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing, with Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing, with Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

E enquanto esse caminho pode não ser visto como ideal para a F1 - iniciar a temporada sem uma resolução - Marko defende que a Red Bull precisa tomar o tempo necessário para analisar a fundo as evidências, em vez de correr com uma decisão.

Falando com a ServusTV, canal da Red Bull na Áustria, Marko disse: "Como vocês sabem, há uma investigação interna".

"Quanto mais rápido tivermos o resultado, melhor será, logicamente, já que rumores e outras histórias devem surgir nessa longa duração. Mas acho que a Red Bull reagiu bem ao caso. A longa duração dessa investigação não é culpa deles. Eles estão fazendo de tudo para que seja uma análise justa com uma reação de acordo".

No lançamento do RB20, Horner disse que seu apoio dentro da equipe não enfraqueceu durante a investigação, mesmo com isso sendo uma distração.

"Acho que a equipe está se preparando para a temporada e estamos em boa forma. Estamos focados nas corridas. Mal posso esperar para estar no Bahrein na próxima semana e ver o RB20 na pista. E uma coisa que atrai o foco de todos é o carro. Estamos bem unidos nesse foco".

Motorsport Business #10 – DENER PIRES conta segredo do sucesso da PORSCHE CUP em relato EMOCIONANTE

Podcast #270 - Fatores externos podem ofuscar pré-temporada da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Steiner critica Haas e afirma que evitou quebra da equipe na F1
Próximo artigo F1: Carro de 2024 da Williams 'dá as caras' em shakedown no Bahrein

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil