F1: Marko volta a falar de cláusula que permite saída de Verstappen

'Chefão' da marca de energéticos está confiante de que equipe entregará carro competitivo para piloto holandês

F1: Marko volta a falar de cláusula que permite saída de Verstappen

Consultor de automobilismo da Red Bull e principal responsável pelos rumos da equipe na Fórmula 1, Helmut Marko voltou a dizer que o contrato de Max Verstappen tem uma cláusula que permite a saída do piloto caso o time não mantenha um bom patamar de desempenho.

O editor recomenda:

O dispositivo contratual está vigente até 2023, último ano do vínculo do holandês com a escuderia austríaca. É o que Marko explicou ao F1-Insider.com: “Sim, há uma cláusula de desempenho. Não quero entrar em detalhes, mas diz mais ou menos que Max pode competir por vitórias em corridas e no campeonato mundial por seus próprios méritos. Se ele puder fazer isso, seu contrato é estendido. Caso contrário, ele estaria livre”.

Entretanto, o dirigente austríaco está confiante de que a Red Bull entregará um carro competitivo para Verstappen em 2021. “Esse é o nosso objetivo e acredito nele", afirmou o polêmico consultor.

"Não só por causa de Max, mas porque está em nosso DNA querermos vencer. Estamos no caminho certo e acho que podemos cumprir a cláusula”, completou Marko. Em 2021, o companheiro de equipe de Verstappen será o mexicano Sergio Pérez.

F1 na BAND - BARRICHELLO e cia: quem são os NOMES sondados para completar a equipe de transmissão

PODCAST #088 - F1 na Band e o 'fico' de Hamilton: o que esperar de 2021?

 

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

compartilhar
comentários
ANÁLISE: Entenda por que F1 deve ser "muito agressiva" nas novas regras do motor
Artigo anterior

ANÁLISE: Entenda por que F1 deve ser "muito agressiva" nas novas regras do motor

Próximo artigo

F1: Hulkenberg perto de assinar com a Aston Martin como reserva

F1: Hulkenberg perto de assinar com a Aston Martin como reserva
Carregar comentários