Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
56 dias
06 mai
Próximo evento em
98 dias
20 mai
Próximo evento em
112 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
126 dias
10 jun
Próximo evento em
133 dias
24 jun
Próximo evento em
147 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
154 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
168 dias
29 jul
Próximo evento em
182 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
210 dias
02 set
Próximo evento em
217 dias
09 set
Próximo evento em
224 dias
23 set
Próximo evento em
238 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
245 dias
07 out
Próximo evento em
252 dias
21 out
Próximo evento em
266 dias
28 out
Próximo evento em
273 dias
05 nov
Próximo evento em
281 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
294 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
309 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
318 dias

F1: Mercedes já compensou redução aerodinâmica de 2021; entenda

compartilhar
comentários
F1: Mercedes já compensou redução aerodinâmica de 2021; entenda
Por:

Testes do novo ajuste aerodinâmico imposto pela FIA para o ano que vem geraram resultados satisfatórios para a equipe alemã

A Mercedes já encontrou neste ano o equilíbrio aerodinâmico do W11 que será utilizado na próxima temporada, apesar das mudanças impostas pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para o assoalho dos carros em 2021, que devem reduzir 10% do downforce. Os engenheiros do time de James Allison já encontraram a solução e também poderão contar com uma unidade de potência com capacidade de mais 25 cavalos.

Leia também:

Os desenvolvimentos que foram testados no túnel de vento geraram ótimos resultados, porque o W11 da próxima temporada terá um downforce semelhante ao deste ano.

A FIA aprovou uma redução da carga aerodinâmica que seria de 10% devido a mudanças no chassi para reduzir o desgaste dos pneus.

Além desta disposição, será exigida uma intervenção no difusor traseiro com as anteparas verticais que devem ser 50 milímetros mais curtas e o fim dos furos usados à frente do pneu traseiro, que ajudam a mitigar os efeitos do "esguicho do pneu" - um fenômeno causado pela deformação do pneu traseiro, que reduz o desempenho do difusor à medida que jatos de ar são empurrados lateralmente em sua direção. Saiba mais sobre as mudanças.

Se considerarmos que mesmo as informações relativas à nova unidade de energia que está sendo gestada na fábrica da Mercedes em Brixworth indicam desenvolvimentos muito interessantes no campo de novos materiais e combustíveis, é fácil prever um grande salto de desempenho. Essas mudanças farão com que a Mercedes não fique mais lenta mesmo com as novas regras, que poderiam diminuir sua velocidade.

Hamilton REVELA ‘defeito’ da Mercedes e mostra como a equipe minimizou o problema

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Hamilton x Schumacher:  a comparação entre os campeões da F1

 

.

F1: Albon crê estar no "caminho certo" para ficar na Red Bull

Artigo anterior

F1: Albon crê estar no "caminho certo" para ficar na Red Bull

Próximo artigo

F1 vai permanecer com energia híbrida, diz chefe de estratégia; confira

F1 vai permanecer com energia híbrida, diz chefe de estratégia; confira
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton , Valtteri Bottas
Equipes Mercedes
Autor Franco Nugnes