Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
23 dias
06 mai
Próximo evento em
65 dias
20 mai
Próximo evento em
79 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
93 dias
10 jun
Próximo evento em
100 dias
24 jun
Próximo evento em
114 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
121 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
135 dias
29 jul
Próximo evento em
149 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
177 dias
02 set
Próximo evento em
184 dias
09 set
Próximo evento em
191 dias
23 set
Próximo evento em
205 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
212 dias
07 out
Próximo evento em
219 dias
21 out
Próximo evento em
233 dias
28 out
Próximo evento em
240 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
276 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
285 dias

F1 minimiza chances de GP de Sakhir caótico e repleto de ultrapassagens

Pilotos e membros das equipes acreditam que será uma prova normal, mas destacam zebras "agressivas" e número de voltas como desafios

compartilhar
comentários
F1 minimiza chances de GP de Sakhir caótico e repleto de ultrapassagens

Pilotos e figuras-chaves das equipes da Fórmula 1 minimizaram as chances do GP de Sakhir entregar uma prova caótica e repleta de ultrapassagens como muitos fãs esperam ver na corrida deste domingo, que será realizada no anel externo do circuito do Bahrein.

Enquanto as previsões feitas antes do final de semana apontavam uma sessão de classificação problemática com carros sofrendo para ter pista livre para fazerem suas voltas rápidas no traçado mais curto, todas as sessões do sábado foram concluídas sem problemas.

Leia também:

E os primeiros indicativos dos treinos livres também sugeriam que a ultrapassagem na corrida não será tão fácil quanto parecia inicialmente, com a seção de chicanes na parte superior do traçado indicando que os carros devem ficar mais distantes.

Carlos Sainz disse que, apesar das ultrapassagens não serem impossíveis, especialmente nas seções regulares da pista, não será algo fácil.

"Não será tão fácil para passar como as pessoas pensam. Acabamos de ver uma corrida emocionante da F2, mas elas sempre são emocionantes para nós".

"Parece bem difícil seguir o carro da frente no segundo setor por causa da chicane. Ela não nos permite seguir o carro muito bem. Então não será tão fácil de ultrapassar quanto o traçado sugere".

Um fator que pode tornar importante é o impacto dos danos dos carros na performance, com assoalho, bargeboards e outras partes do carro sofrendo com as zebras ao longo do fim de semana. Para Lando Norris, 87 voltas de impacto podem tornar as coisas interessantes.

"As zebras nas curvas 7, 8 e 9 são agressivas. Se você acertá-las de modo errado, com o ângulo errado, algo pode danificar seu carro. Não acho que seja muito diferente de outros finais de semana, já que outras pistas tem coisas similares".

"Mas eu acho que o volume de voltas fará a diferença. São duas para cada uma em pistas normais. O impacto será mais regular. Tenho certeza que teremos que prestar atenção em algumas coisas para garantir que estaremos na pista no final da corrida para pontuar".

As longas retas e falta de curvas do anel externo devem limitar as chances dos pilotos conseguirem abrir muita vantagem, e há uma grande chance de termos a formação de verdadeiros "trens de DRS", com uma sequência de carros podendo abrir a asa móvel.

Para a Williams, que segue em busca dos primeiros pontos na temporada da F1, eventos caóticos são bem vindos, desde que possam capitalizar em cima dos problemas das rivais. Porém, o diretor de performance Dave Robson segue cético sobre a possibilidade da corrida ser muito fora do normal.

"Eu espero que seja um pouco caótica, podendo nos ajudar. Mas achava que o Q1 seria bem mais caótico. A corrida pode ser interessante. Acho que será mais apertada que o normal, então, potencialmente, se tivermos um incidente, pode afetar mais carros que o normal".

"Os atritos tem sido bem interessantes. Fizemos algumas dessas curvas há alguns anos, e sabíamos que a pista estaria chega de solavancos, e ainda temos zebras grandes nas curvas sete e oito, com um formato diferente do normal".

"Então, será caótico? Acredito que não. Mas, dedos cruzados! Acho que, no final, teremos uma corrida normal, infelizmente. E o pior para nós é que os líderes nos alcançarão mais rapidamente e vamos ter que lidar com mais bandeiras azuis. De resto, acho que será normal".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

F1: Bottas derrota Russell e Verstappen por menos de 1 décimo; veja como ficou grid do GP de Sakhir

PODCAST: O 'milagre' Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em estreia na F1

 

Pietro revela conselho de Grosjean para estreia na F1: "Tente se divertir o máximo possível"

Artigo anterior

Pietro revela conselho de Grosjean para estreia na F1: "Tente se divertir o máximo possível"

Próximo artigo

Norris é punido por troca de componentes do motor e larga no fundo do grid

Norris é punido por troca de componentes do motor e larga no fundo do grid
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Sakhir
Autor Jonathan Noble